Hospital Moinhos de Vento integra parceria para reestruturar gestão hospitalar em Canoas

211
Foto: Julia Machado

O Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), em parceria com o Hospital Sírio Libanês, a partir de mais um projeto do Proadi-SUS, será responsável pela consultoria que vai propor soluções para reestruturar a gestão do Hospital Universitário da Ulbra, em Canoas. O anúncio foi feito pelo prefeito Luiz Carlos Busato, na segunda-feira (7), na própria instituição da universidade.

Para o gestor municipal, a experiência de instituições reconhecidas nacionalmente será fundamental para diagnosticar e implementar as melhorias necessárias. “Essa iniciativa marca uma nova fase para os serviços de saúde no município.”

Presente na solenidade, o Superintendente Executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, destacou o papel social da parceria. “Nós estamos atendendo uma demanda do Ministério da Saúde. É uma forma de reafirmar nosso compromisso com a sociedade ao compartilhar expertise em gestão. Será um trabalho conjunto, de união de forças, para auxiliar na qualificação dos serviços”, apontou, acompanhado do Superintendente de Educação e Responsabilidade Social do Hospital Moinhos de Vento, Luciano Hammes.

Desenvolvimento do SUS

Tanto o Hospital Moinhos de Vento como o Sírio Libanês integram o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), do Governo Federal. A iniciativa garante a aplicação de 100% das isenções fiscais dessas instituições de excelência em projetos de interesse do Ministério da Saúde que promovam a melhoria dos serviços prestados à população. “Nós chamamos isso de um imposto com endereço, porque você vê a aplicação do recurso. Somos agentes de execução de políticas públicas”, assinalou o diretor executivo do Hospital Sírio Libanês, Fernando Torelly, ao lembrar que o grande desafio é fazer a gestão de todos os processos e ampliar a eficiência.

A consultoria tem prazo inicial de seis meses, período em que serão disponibilizados cinco consultores com dedicação exclusiva ao projeto. Os profissionais darão suporte nos diagnósticos técnicos globais de governança e nas oportunidades de gestão. Além disso, soluções de curto prazo e ações que possam subsidiar a tomada de decisão da prefeitura serão propostas simultaneamente.

Deixe seu comentário