3M doa 400 mil dólares à Unicamp e contribui para estudos sobre Covid-19 e outras doenças emergentes

50

Para colaborar no avanço do conhecimento científico e na resposta global à pandemia Covid-19, a 3M, empresa de tecnologia baseada na ciência, doou 400 mil dólares, cerca de R$ 2,1 milhões, à Unicamp – Universidade Estadual de Campinas (SP), que assumiu o compromisso de investir o montante desta doação para ampliar a sua capacidade de estudos sobre doenças infecciosas, inclusive a Covid-19, com a criação de um Centro de Estudo e Controle de Doenças Emergentes.

Esta doação feita pela 3M, que atua no Brasil há mais de 74 anos, faz parte de uma iniciativa global da empresa, que tem como meta investir o total de 5 milhões de dólares para apoiar programas de pesquisa com foco em tratamentos e desenvolvimento de vacinas à Covid-19, em estabelecimentos educacionais líderes em todo o mundo. E, após longo e criterioso processo de análise feito com o apoio da GlobalGiving, organização sem fins lucrativos que assegura o apoio a causas importantes em todo o mundo, a UNICAMP foi a instituição pública de ensino no Brasil que atendeu a todas as exigências para o recebimento da doação.

“Ficamos entusiasmados em fazer essa doação para a Unicamp no momento em que é tão importante o incentivo à pesquisa científica, especialmente relacionada ao Coronavírus. Esta iniciativa está alinhada aos nossos valores de incentivo à ciência e inovação e vai contribuir na busca de soluções para a saúde e bem estar da população”, afirma Paulo Gandolfi, Diretor de P&D da 3M para a América Latina.

Para investir os 400 mil dólares, a Unicamp se comprometeu em criar um Centro de Estudo e Controle de Doenças Emergentes, que contará com uma estrutura de equipamentos de ponta, e assim ampliar os estudos e análises que compreendam as causas de doenças infecciosas, dentre elas a Covid-19, para diagnosticar e até definir os melhores alvos à cura e até vacinas que possam combater essas doenças.

“Aprendemos muito nesta pandemia, e a força-tarefa da Unicamp quer ir mais além, aproveitando esse aprendizado para criar um centro de pesquisas para doenças emergentes. Foi submetido um projeto para a Fundação 3M, que passou por uma rigorosa seleção, e ficamos muito felizes com a aprovação, demonstrando a capacidade da equipe da Unicamp, e o fortalecimento da parceria com a 3M, uma empresa de qualidade mundialmente reconhecida”, comenta Marcelo Knobel, reitor da Unicamp.

Para Munir Skaf, pró-reitor de Pesquisa da Unicamp, a conquista reforça a vocação da Universidade em ser pioneira nas inovações científicas. “A ideia é criar um embrião desse centro de estudos e controle de doenças emergentes que possa servir de referência para o estado e para o país como um todo. A Unicamp costuma desempenhar um papel de vanguarda e pioneirismo nesse tipo de ideia e é isso que estamos fazendo. Esse financiamento e outros permitirão amadurecer e consolidar esse centro que começa agora”, avalia Skaf.

3M responde à pandemia com diversas doações, totalizando R$ 4,8 milhões

Desde o início da pandemia no Brasil, a 3M tem atuado em várias frentes, buscando colaborar com a segurança dos profissionais de saúde e diminuir os impactos sociais da Covid-19 no país. A companhia triplicou sua produção local de máscaras em um curto espaço de tempo, com operação 24×7 e contratação de mais profissionais para a manufatura. Além disso, a empresa doou máscaras e outros produtos para 34 hospitais públicos e filantrópicos, a Cruz Vermelha Brasileira e Médicos Sem Fronteiras; além de insumos para 7 universidades públicas que foram transformados em soluções no combate à pandemia. Para reduzir os efeitos sociais da pandemia e promover o desenvolvimento das comunidades nas regiões em que a companhia atua, o Instituto 3M, com o apoio dos funcionários, realizou doações de 49 toneladas em cestas de alimentos e produtos de limpeza para 1.730 famílias atendidas por 10 instituições sociais. A companhia também fez doação de R$ 1,21 milhão à United Way, uma das maiores organizações filantrópicas do mundo que, no Brasil, assumiu o compromisso de direcionar esse montante a iniciativas que promovam bem-estar para famílias e crianças em situação de vulnerabilidade social, apoiando 1.600 famílias. Essas ações, considerando também a doação para o Centro de Estudo e Controle de Doenças Emergentes da Unicamp, totalizam R﹩ 4,8 milhões para o enfrentamento da pandemia no Brasil, o que reforça o compromisso da 3M com a responsabilidade social e o desenvolvimento sustentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

seis − 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.