Afip Medicina Diagnóstica ganha prêmio no Congresso da AACC – American Association for Clinical Chemistry, nos EUA

Dr. Sérgio Tufik (presidente da Afip) e Débora Ramadan (diretora técnica da Afip) em frente à lista dos trabalhos premiados

A Afip Medicina Diagnóstica está entre os premiados pelo melhor trabalho na divisão de Patologia Molecular na edição de 2022 do Congresso da AACC – American Association for Clinical Chemistry, que termina hoje (dia 28) em Chicago, nos Estados Unidos.

A Diretora Técnica da instituição, Débora Ramadan, está no evento representando o grupo que desenvolveu o trabalho, que tem como autora a Gerente do Núcleo de Apoio ao Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, Jussimara Monteiro Nurmberger, e como coautores Fernanda Inoue, Ana Paula Lobo, Valéria Silva, Débora Ramadan e Sergio Tufik.

O estudo  “Vigilância Epidemiológica de enterobactérias produtoras de New Delhi Metallo-beta-Lactamase em hospitais brasileiros no antes e durante o período da Covid-19” (em inglês “Epidemiological Surveillance of New Delhi Metallo-Beta-lactamase-producing Enterobacterales at Brazilian hospitals in pre and Covid-19 period”) descreve o aumento significativo durante a pandemia de bactérias multirresistentes aos antibióticos que carregam o gene de resistência blaNDM.

A presença desse gene detém características limitantes frente as opções de tratamento disponíveis atualmente. O diagnóstico microbiológico rápido dos mecanismos de resistência bacteriana é um grande diferencial para o desfecho clínico, para as medidas de controle de infecção em ambientes hospitalares e para a vigilância epidemiológica.

“Para a AFIP, é um orgulho reforçar o compromisso de fomentar a pesquisa, contribuindo com o desenvolvimento científico e o avanço da medicina diagnóstica. Agradecemos o empenho de todos os envolvidos em mais essa conquista”, afirma Débora Ramadan.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.