Alerta vermelho no GSH Banco de Sangue de São Paulo

O GSH Banco de Sangue de São Paulo está fazendo um alerta de urgência para convocar doadores de todos os tipos os tipos sanguíneos, principalmente os de tipos O- e A-, pois os estoques se encontram em um nível muito crítico, sob o risco de faltar bolsas de sangue para suprir a demanda dos hospitais.

Para se ter uma ideia da situação, o ideal para que haja um equilíbrio, são necessárias 160 doações de sangue por dia, o que não vem ocorrendo há várias semanas. Atualmente, o Banco de Sangue vem recebendo uma média de apenas 50 doações diárias ou até menos que isso, configurando um déficit de 70%.

A instituição ressalta que 1 a cada dez pacientes internados necessitam de transfusões de sangue diariamente. São pacientes em tratamento contra o câncer, cardíacos, em tratamento contra Covid-19 e outros em estado grave, inclusive em atendimento pediátrico. O sangue O- é considerado universal e, portanto, em casos de extrema urgência, é o que é utilizado pelos hospitais e também em transfusões de recém-nascidos de até 4 meses de idade.

“Estamos enfrentando um momento extremamente crítico, com queda acentuada nas doações, ao mesmo tempo em que a demanda por transfusões vem aumentando. Por isso, precisamos da colaboração da população de São Paulo para que as pessoas se conscientizem sobre a importância desse gesto solidário, pois uma única doação pode salvar até quatro vidas”, alerta Mayara Santos, líder de captação do GSH Banco de Sangue de São Paulo.

E para que os doadores tenham mais opções de horários, a instituição atende diariamente, das 7h às 18h, inclusive aos domingos e feriados, na Rua Tomás Carvalhal, 711, no bairro Paraíso.

Requisitos básicos para doação de sangue:

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
  • Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
  • Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
  • Não ter diabetes em uso de insulina;

❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o Coronavírus:

  • Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
  • Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
  • Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 30 dias após o último contato com essas pessoas;
  • Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

GSH Banco de Sangue de São Paulo

Endereço: Rua Tomas Carvalhal, 711 – Paraíso

Tel.: (11) 3373-2000

Atendimento: Diariamente, inclusive aos finais de semana, das 7h às 18h. Estacionamento gratuito no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.