Apoio à inovação no Brasil une Instituto D’Or e alunos da Universidade de Stanford

1081

O Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) é um dos patrocinadores da 1ª edição do Brazil at Silicon Valley, conferência criada por alunos e ex-alunos brasileiros de Stanford para fomentar a inovação no Brasil. O evento, que acontece nos dias 8 e 9 de abril, nasce com um sonho grande: aumentar a competitividade brasileira por meio de inovação e tecnologia, conectando o país com o Vale do Silício. Nesta primeira edição, a conferência promoverá debates sobre quatro grandes áreas: FinTech, EdTech, HealthTech e GovTech.

Para o presidente do Conselho Administrativo do IDOR, Jorge Moll Neto, a conferência pode ser um importante passo para integrar o Brasil no universo de inovação e pesquisa que vai ditar o futuro do mundo nas próximas décadas. “Acredito que o evento pode estimular oportunidades de parcerias na área de inovação de tecnologia, bem como aproximar o país de toda a efervescência que existe no Vale do Silício. É fundamental que busquemos um protagonismo nessa área”, avalia.

Jorge Moll Neto fala com conhecimento de causa. Há três anos o Instituto desenvolve ações e parcerias com empresas do Vale do Silício, bem como com a própria Universidade de Stanford. “O IDOR se consolidou no país como uma instituição independente e que tem em seu DNA a promoção do avanço científico e tecnológico na área da saúde. Então era imprescindível que estivéssemos presentes no maior celeiro de inovação do mundo”, informa o pesquisador, que, justamente para aproximar ainda mais o IDOR desse ecossistema, mudou-se com a esposa e atual presidente do IDOR, Fernanda Tovar-Moll, para o Vale do Silício, a fim de acelerar parcerias. “Reconheci na iniciativa desses alunos e ex-alunos um compromisso que também temos no Instituto. Apoiar a conferência se tornou algo essencial”.

O compromisso com a inovação do IDOR foi reiterado com o lançamento do Open D’Or Healthcare Innovation Hub, inaugurado no final do ano passado. A plataforma visa agilizar a transformação de boas ideias em soluções para a área médica e hospitalar. Com o Open D’Or, startups têm a oportunidade de aprimorar produtos e serviços para aplicação no mercado. “Buscamos impulsionar startups para que se tornem localmente e globalmente competitivas, inclusive aproximando-as de pesquisadores e especialistas do Vale do Silício”, explica o presidente do Conselho Administrativo do IDOR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.