Artigo – Vacina com potencial eficácia para o tratamento contra o câncer é anunciada por pesquisadores

38

Cientistas do centro de pesquisa Mater Research, associado à Universidade de Queensland e parceiro do Translational Research Institute da Austrália, mostram resultados promissores de uma nova vacina com potencial eficácia contra diversos tipos de câncer.

Com resultados pré-clínicos positivos, a nova vacina está pronta para ser testada em seres humanos.

O fator de transcrição tumor de Wilms 1 (WT1) é um dos antígenos associados a vários tipos de tumores sólidos como os cânceres de mama, pulmão, rim, ovário e pâncreas e os hematológicos como leucemias, linfoma não-Hodgkin e mieloma múltiplo, um excelente alvo para terapêuticas contra o câncer.

A vacina denominada CLEC9A‐WT1 é composta de um anticorpo anti-CLEC9A fundido geneticamente a um polipeptídio do WT1.

Os resultados apresentados pelos pesquisadores mostraram que a CLEC9A-WT1 obteve uma ativação de células do sistema imune, T CD8+, específicas para WT1, o que pode gerar uma resposta imunológica significativa e ser promissora candidata a vacina para doenças malignas que expressam o WT1.

Os benefícios esperados são prevenir ou retardar a progressão do câncer e ser um novo alvo imunoterapêutico.

Os pesquisadores relatam que a CLEC9A‐WT1 pode oferecer algumas vantagens importantes sobre as vacinas contra o câncer já existentes como um melhor custo benefício e melhor precisão em respostas imunes específicas ao tumor e assim maximizar a eficácia potencial e minimizar os efeitos fora do alvo.

A nova vacina CLEC9A‐WT1 sem dúvida constitui uma nova e importante opção contra o câncer, mas ainda não há previsão de chegar ao Brasil para que sejam feitos os testes clínicos em pacientes.

Dr. Renan Sordi é oncologista clínico do IBCC Oncologia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

9 − dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.