Atendimento de AVC no Hospital Moinhos de Vento recebe nova certificação de excelência

35

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte no mundo e a primeira de incapacidade. A cada ano, 13,7 milhões de pessoas têm a enfermidade, 5,5 milhões morrem e, atualmente, existem 80 milhões de sobreviventes, de acordo com dados da Rede Brasil AVC. Contudo o reconhecimento dos sinais e o rápido tratamento de urgência em um centro especializado diminuem as chances de sequelas.

A excelência no atendimento de casos de AVC levou o Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), a ser novamente reconhecido com a certificação Ouro (Gold Status) no Angels Awards. Vinculado à Sociedade Iberoamericana de Doenças Cerebrovasculares e à Organização Mundial de AVC, o prêmio existe na América Latina desde 2018 e destaca o comprometimento de profissionais e hospitais. No mundo, mais de 2.800 instituições participam do programa, no Brasil esse número alcança a marca de 300 Hospitais participantes.

Conforme os organizadores, a distinção é conferida às unidades que alcançam níveis de qualidade e performance clínica na abordagem do AVC agudo, de acordo com indicadores pré-estabelecidos e avaliados por meio de um registro contínuo. “Tendo qualquer sintoma, é importante procurar uma emergência para o tratamento rápido e adequado e para reduzir a chance de sequelas. O tempo faz toda a diferença”, explica o coordenador assistencial da Emergência Adulta e Pediátrica do Hospital Moinhos de Vento, Sidiclei Machado Carvalho.

Além do prêmio, os profissionais e as instituições participantes na comunidade Angels são apoiados para reunirem e se relacionarem, identificarem boas práticas e partilharem aprendizagens que ajudarão a implementar e acelerar as melhorias. “O prêmio é um importante reconhecimento e incentiva que os centros sigam trabalhando pelo melhor atendimento. O Hospital Moinhos recebeu novamente esse reconhecimento pelo grande trabalho que vem sendo feito, principalmente na emergência”, destaca a chefe do Serviço de Neurologia do Hospital Moinhos de Vento, Sheila Martins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.