Bebês internados no Hospital Estadual Materno Infantil celebram um mês de vida

Nicollas celebra 1 mês de vida ao lado dos pais e da equipe multiprofissional do HMI

Referência em atendimento de média e alta complexidade, o Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), de Goiânia (GO), preza pela humanização e atendimento multidisciplinar. Com essa percepção, a unidade adota alguns dispositivos que favoreçam à construção de um atendimento humanizado.

Internados na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCIN) do hospital, os pequenos Nicollas e Luiz Fernando, celebraram um mês de vida, com carinho e amor de seus pais e da equipe multiprofissional, nesta terça-feira (14).

A UCIN recebe uma média de 120 bebês por mês. Alguns, permanecem por até mais de dois meses. A comemoração do mêsversário já virou uma tradição para muitas famílias e então, sempre que se aproxima o mês de aniversário de cada paciente, é oferecida à família, a oportunidade de realizar uma pequena comemoração, como  vestir uma roupinha e tirar fotos. Cada família comemora do seu jeito.

Rebeka Mota, mãe de Luiz Fernando, levou uma roupa especial para celebrar a vida de seu pequeno e fez várias fotos com ele. O menino nasceu em 14 de agosto, com 34 semanas. Precisou ir para a UTI Neonatal e no último dia 9 de setembro foi transferido para UCIN. Rebeka, que passou por problemas na gestação e até um acidente de moto, se diz vitoriosa. “É muito bom comemorar esse um mês do Luiz Fernando. O fato dele estar vivo é uma alegria muito grande. Só tenho que agradecer a toda equipe do hospital, pelo cuidado com meu filho”, disse Rebeka.

Da cidade de Goianésia, Gabriely Lande e Murilo Sousa, pais do Nicollas, fizeram questão de levar uma roupinha e um bolo. Nicollas, nasceu há um mês, com 32 semanas, devido à falta de oxigenação. Desde então está se recuperando na UCIN. Pelo fato dele respirar espontaneamente, puderam comemorar sua vida, em outro espaço do hospital. Teve até um bolo temático. “Muito feliz, uma sensação incrível”, afirmou Murilo. “É maravilhoso ver sua melhora a cada dia e poder celebrar isso. Quando vou embora, vou tranquila, pois sei que ele está em boas mãos. Me sinto confortável com essa equipe”, afirmou Gabriely, emocionada.

A equipe organizou tudo e colocou um cartão de feliz mêsversário no leito dos pacientes. “Essa é uma forma de humanizar os processos hospitalares. É um momento delicado que os pais passam, a angústia em querer os bebês em casa logo. Como não há a possibilidade dessa comemoração em casa, a gente traz isso para dentro da unidade. E mostra que os pais confiam na equipe, que não veem a internação apenas como dificuldade, mas também de superação e vitória”, destaca a psicóloga Marcella Almeida.

“Percebemos um sentimento de gratidão, superação, demonstração de segurança em relação aos cuidados prestados na unidade e o empoderamento dessas mães que vibram com a evolução de seus filhos”, afirmou a coordenadora de enfermagem da UCIN, Lílian Jerônimo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.