Cases de gestão da humanização em tempos de Covid-19 serão apresentadas em live

Em 10 de novembro, às 19h, a Associação Viva e Deixe Viver (Viva), organização da sociedade civil (OSC) que congrega 1,3 mil voluntários responsáveis por contar histórias em 86 hospitais do País, realiza uma live especial para apresentação de cases de boas práticas de gestão da humanização em tempos de Covid-19 do Comitê de Humanização Emílio Ribas (CHER).

O bate-papo, mediado pelo fundador da Viva e Deixe Viver, Valdir Cimino, dá início às atividades relacionadas ao Fórum de Humanização da Viva, e contará com a presença de Andrea Zumbini Paulo, Diretora de Apoio Técnico do Instituto de Infectologia Emílio Ribas; Glória Brunetti, médica infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas; e do padre João Mildner, da Capelania Católica do Instituto Emílio Ribas.

No evento serão mostradas as atividades desenvolvidas pelo Comitê de Humanização Emílio Ribas em prol do voluntariado. Também serão abordados temas como a integração da espiritualidade e da religiosidade no manejo da dor e dos cuidados paliativos, e como a humanização na assistência à saúde, em benefício dos usuários e dos profissionais, podem contribuir para um ambiente mais participativo, democrático, além de minimizar os efeitos negativos da internação.

Convidados:

Andrea Zumbini Paulo, Diretora de Apoio Técnico do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Glória Brunetti, médica infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Padre João Mildner, da Capelania Católica do Instituto Emílio Ribas

Mediação:

Valdir Cimino – fundador da Viva e Deixe Viver

Canal do Youtube da Associação Viva e Deixe Viver

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.