Como a Fundação Vanzolini pode contribuir com as instituições de Saúde

Em 2022, a Fundação Carlos Alberto Vanzolini completa 55 anos como centro de excelência na produção e difusão de conhecimentos da Engenharia de Produção, por meio de soluções que reconhecidamente promovem a qualidade e aperfeiçoam a gestão de organizações públicas e privadas.

Iniciativa pioneira da comunidade acadêmica, a Vanzolini é a mais antiga fundação de apoio à Universidade de São Paulo (USP). A Instituição de direito privado sem fins lucrativos é mantida e gerida por professores do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica.

Essa parceria amplia e fortalece a integração da escola e da Universidade com a sociedade, resultando em projetos de ensino e pesquisa, de formação e qualificação de profissionais, como os cursos de pós-graduação lato sensu, e em programas de cooperação com entidades públicas, privadas e do terceiro setor. O objetivo final é contribuir para a maior eficiência das instituições públicas e privadas do país, em todos os segmentos econômicos e sociais, ajudando-as a promover o desenvolvimento e o bem-estar da população.

A partir da reunião de especialistas e, em conjunto com parceiros, são oferecidos programas de formação e desenvolvimento de pessoas, certificação de produtos e sistemas de gestão, projetos de pesquisa e soluções, implementando na prática as mudanças que a sociedade precisa.

SAÚDE

Para melhorar a eficácia do processo de desenvolvimento sustentável do país, incorporando uma abordagem sistêmica, integrada e eficiente de gestão de recursos junto a instituições de saúde, a Fundação Vanzolini atua em dois eixos principais: “Certificação”, realizando certificações de produtos e sistemas de gestão para organizações e instituições públicas e privadas, e “Educação”, oferecendo programas de formação e desenvolvimento de pessoas e equipes por meio de cursos de curta, média e longa duração.

No âmbito da certificação, a Fundação disponibiliza ONA, AQUA-HQE, ISO 9001, 14001, 45001 e 13485, além de ser acreditada internacionalmente pela ISQua (International Society for Quality in Health Care), associação parceira da OMS (Organização Mundial da Saúde).

ONA – Organização Nacional de Acreditação

A ONA certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil e segurança do paciente. A metodologia é reconhecida pela ISQua. A Fundação Vanzolini está entre as principais IACs (Instituições Acreditadoras Credenciadas) da certificação ONA no Brasil. Desde que entrou para o portfólio da Fundação, 321 certificações ONA foram conferidas, sendo 131 para hospitais. Atualmente, 31 auditores compõem o quadro ONA na Fundação Vanzolini.

O processo de acreditação pela metodologia da ONA é uma ferramenta desenvolvida para auxiliar as organizações de saúde a avaliar seus processos e a identificar melhorias, com foco na segurança do paciente. A ONA possui três níveis de acreditação, que são: Acreditado (válido por dois anos), para instituições que atendam aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais; Acreditado Pleno (válido por dois anos), para instituições que, além de atenderem aos critérios de segurança, apresentam gestão integrada, com processos ocorrendo de maneira fluida e plena comunicação entre as atividades. Acreditado com Excelência (válido por três anos), onde a organização ou programa de saúde atinge o nível de “excelência em gestão” e maturidade institucional.

A metodologia da acreditação parte da avaliação e análise crítica, que determina, de forma construtiva, se o processo de gestão utilizado pela organização avaliada está em conformidade com os padrões definidos no instrumento de avaliação, ou seja, no manual de referência.

Aplica-se a serviços odontológicos e organizações prestadoras de serviços para saúde como hospitais, laboratórios, serviços de nefrologia e terapia renal substitutiva, serviços radiológicos, de diagnóstico por imagem e medicina nuclear, serviços ambulatoriais e de pronto atendimento, serviços de hemoterapia, serviços de atenção domiciliar, serviços de medicina hiperbárica, dentre outros, sendo aplicável tanto ao setor público como privado. Da mesma forma, esse conceito se estende às avaliações para o selo de qualificação ONA, voltadas aos serviços para a saúde, tais como os serviços de processamento de roupas, serviços de dietoterapia, serviços de esterilização e de reprocessamento de materiais e serviços de manipulação de drogas antineoplásicas ou dietas parenterais.

O processo de acreditação é voluntário e visa assegurar aos stakeholders das organizações acreditadas que elas seguem padrões de qualidade reconhecidos internacionalmente, assim como as melhores práticas de gestão e operação de seus processos. Baseando-se em padrões que abrangem aspectos de estrutura, processo e resultado, a acreditação apresenta três níveis de certificação:

  • Acreditado (Nível 1): atendimento integral ao conceito de segurança em todos os processos organizacionais;
  • Acreditado Pleno (Nível 2): adicionalmente ao conceito de segurança, inclui conceitos de gestão integrada alinhando resultados de processos a estratégias e ações para promoção da melhoria da qualidade;
  • Acreditado com Excelência (Nível 3): complementa a acreditação plena com o conceito de maturidade organizacional, estreito relacionamento com todas as partes interessadas, responsabilidade socioambiental, dentro do contexto da promoção da qualidade por meio ciclos de melhoria contínua.

As vantagens de se implementar um sistema de gestão e saúde e obter a acreditação ONA são inúmeras. A começar por conhecer e padronizar cada processo de sua organização, a forma como ele é desempenhado, sua interação com outros processos, e a melhor forma de desenvolvê-lo, monitorá-lo e mensurá-lo.

O conhecimento e aprimoramento da engrenagem dos processos de sua organização, quando estruturado por diretrizes de padrões normativos assistenciais baseados na segurança do paciente, promovem inevitavelmente a melhoria da qualidade assistencial. Uma organização acreditada desenvolve uma cultura voltada para o risco, resultando num processo sólido de segurança do paciente, diminuição do retrabalho, aumento de produtividade e diminuição de custos.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/ona-organizacao-nacional-de-acreditacao.

AQUA-HQE™

A AQUA-HQE™ é uma certificação internacional da construção de alta qualidade ambiental, desenvolvida a partir da renomada certificação francesa Démarche HQE™ e aplicada no Brasil exclusivamente pela Fundação Vanzolini. A certificação se baseia em 14 critérios de sustentabilidade divididos em quatro fases: eco-construção, eco-gestão, conforto e saúde. O que abrange a concepção, o projeto, a construção e a fase de uso dos empreendimentos.

O diferencial da certificação AQUA-HQE™ é que, mesmo tendo se originado de referenciais técnicos estrangeiros, suas documentações foram adaptadas em 2007 pela Fundação Vanzolini em parceria com a Escola Politécnica da USP, considerando a cultura, o clima, as normas técnicas e as regulamentações brasileiras. Além disso, desde 2014, o HQE™ possui referenciais técnicos de nível internacional que levam em conta a experiência brasileira.

Desde seu lançamento em 2008, o Processo AQUA-HQE™ propõe um novo olhar para a sustentabilidade nas construções brasileiras. Seus referenciais técnicos foram desenvolvidos considerando a cultura, o clima, as normas técnicas e a regulamentação presentes no Brasil, mas buscando sempre uma melhoria contínua de seus desempenhos.

“Devido à aceitação do processo AQUA no mercado brasileiro, lançamos no final de 2010, um referencial técnico da certificação AQUA especifico para empreendimentos Hospitalares com o objetivo de garantir às construções do setor melhores condições de conforto e saúde para os pacientes, visitantes e trabalhadores da saúde e ao mesmo tempo promovendo um melhor desempenho ambiental, em termos de consumos e emissões”, destaca o professor Manuel Carlos Reis Martins.

Em empreendimentos hospitalares, a certificação AQUA incentiva a escolha de materiais sustentáveis, menor custo operacional do edifício, redução do impacto ambiental durante a construção, economia de água e energia, garantindo às novas construções do setor maior qualidade sanitária dos ambientes – onde se concentram a proliferação de bactérias e de odores -, além do conforto acústico, olfativo e visual.

No mundo, já são mais de 230 mil projetos certificados AQUA-HQE™, entre eles, 356 distribuídos em 15 estados brasileiros, isso equivale a mais de 14 milhões de m² construídos certificados em todo o Brasil. Até janeiro de 2022, a Fundação Vanzolini tinha 749 edifícios certificados ou em processo de certificação.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/aqua-hqe.

Capacitação com qualificação de excelência

Já no âmbito da educação, por sua relevância histórica, a grade de cursos da Fundação Vanzolini é bem diversificada e atinge públicos diferentes, oferecendo aos alunos um caráter flexível no qual possam montar a grade de estudos, seguindo os seus interesses e conforme a sua disponibilidade de tempo. Essa flexibilidade propicia aos gestores competências para qualificar e ampliar os conhecimentos e habilidades em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, para processos de gestão integrada das empresas e complementação da formação técnica.

Referência nacional em Gestão de Projetos, Normas e Certificações, Novas Tecnologias para Negócios, Operações e Processos, Soft Skills, Startups e Inovação, a área educacional busca oferecer cursos que possibilitem acesso a todos, mantendo a qualidade, com professores de excelência e de reconhecimento nacional e internacional, além de ampliar de forma definitiva a capacidade de alcance de público. Por ano, são cerca de 3.000 alunos, 200 turmas e 74 cursos ministrados por 80 professores.

Também como uma forma de integrar alunos, professores, comunidade científica e sociedade, a Fundação promove webinars, seminários, encontros e debates gratuitos, transmitidos pelo seu canal do YouTube. Neles, pesquisadores e professores da instituição são convidados a falar sobre temas que envolvem a gestão de processos produtivos, inovação, tecnologia e soluções que impactam as relações sociais e vida nas cidades.

ONA – Interpretação do Manual para Acreditação de OPSS (2022/2025)

O curso “ONA – Interpretação do Manual para Acreditação de OPSS (2022/2025)” ensina a conceituar a gestão médico-assistencial e da qualidade no ambiente de uma empresa prestadora de serviços ligados à saúde, particularmente nos hospitais; a ter uma visão histórica do processo de acreditação, bem como entender o atual Sistema Brasileiro de Acreditação (SBA) da ONA; a conhecer as dimensões e fundamentos de gestão em saúde do Manual Brasileiro de Acreditação versão 2022/2025; a interpretar os requisitos do Manual e suas inter-relações; a ter uma visão geral do processo de acreditação e posterior manutenção; e a estruturar um planejamento de adequação da organização.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/ona-interpretacao-do-manual-para-acreditacao-de-opss-2022-2025.

Lean na Saúde

Muitos profissionais da área de Saúde lideram ou participam de equipes de projetos de redução de custo, melhoria da experiência dos pacientes, redução do tempo de espera, entre outros, mesmo não recebendo um treinamento formal. Embora possam ser especialistas nos processos, um treinamento sobre as metodologias de melhoria poderá ajudá-los a transformar suas ideias em resultados.

Lean, ou mentalidade enxuta, é uma metodologia amplamente aplicada na indústria e reconhecida pela redução dos desperdícios e por incorporar ao processo os atributos valorizados pelo cliente final. Porém, sua aplicação no setor de Saúde ainda é um desafio e requer uma adaptação, considerando as características específicas dos serviços e a importância de manter o paciente no centro do cuidado.

Este programa online foi desenvolvido para profissionais da área de Saúde e agentes de mudança que têm a tarefa de realizar projetos de desenvolvimento de novos processos ou de melhoria de processos existentes para aumento da performance, qualidade e segurança.

O curso “Lean na Saúde” ensinará as ferramentas que os profissionais da área de Saúde precisam para aprender a mapear o fluxo de valor, identificar as oportunidades de agregar valor e eliminar os desperdícios, a partir da mentalidade enxuta; a dar suporte ao processo de melhoria dentro das instituições com ferramentas de qualidade e de gestão de projetos; a promover a mudança envolvendo as equipes e valorizando a perspectiva do paciente, e/ou familiares, nos projetos de melhoria da qualidade e da segurança; tudo isso com metodologia, técnicas e todos os exemplos apresentados sendo adaptados para o setor de Saúde.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/lean-na-saude.

ONA – Acreditação para organizações de saúde: Formação de Avaliador interno para acreditação de OPSS (2022/2025)

O treinamento de Formação de Avaliadores Internos para Acreditação treina os participantes para avaliações internas segundo a metodologia do SBA da ONA; capacitar nos princípios e práticas de planejamento e execução de avaliação de Sistemas de Gestão Médico-Assistencial e da Qualidade, focadas no ambiente de uma empresa prestadora de serviços ligados à saúde; reciclar os princípios da Gestão da Qualidade aplicados à saúde; interpretar o Manual Brasileiro de Acreditação – ONA e suas inter-relações, sob a ótica do avaliador, como referência para as avaliações; e ensinar a aplicar o mecanismo de ação corretiva para o aperfeiçoamento e melhoria contínua do sistema de gestão da própria organização.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/ona-acreditacao-para-organizacoes-de-saude-formacao-de-avaliador-interno-para-acreditacao-de-opss-2022-2025.

Atualização do Manual da ONA – Versão 2022

Este curso aborda as novidades na metodologia e nos requisitos do novo manual da ONA, versão 2022, ensinando a adequar o sistema de gestão da sua organização para o atendimento às modificações da metodologia e requisitos do novo manual da ONA e a entender as mudanças do novo manual.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/atualizacao-do-manual-da-ona-versao-2022.

A2S – Ambiente Seguro e Saudável

Neste curso, os participantes conhecerão quais os aspectos e requisitos principais necessários para retomar as atividades in loco após a pandemia, exercendo boas práticas para redução do risco de transmissão da Covid-19 e preparando o ambiente para a certificação A2S.

O Selo A2S contribui com a sistematização dos processos em locais de grande circulação, tendo em vista uma melhor segurança aos usuários, clientes e colaboradores que acessam esses espaços. A função do selo é também promover a consciência de que o local aplica uma gestão sanitária eficiente e responsável.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/a2s-ambiente-seguro-e-saudavel-ead-ao-vivo.

Formação em HFMEA e Ferramentas para Gestão de Riscos na Saúde

As metas internacionais de segurança do paciente, as constantes inovações tecnológicas e a necessidade de estar respondendo rapidamente aos novos perigos tornaram a gestão de riscos essencial às instituições do setor de Saúde. A metodologia de gestão de riscos Health Care Failure Mode and Effect Analysis (HFMEA) foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Segurança do Paciente, do Veterans Affairs Department, nos Estados Unidos, e tem sido utilizada mundialmente.

HFMEA é uma abordagem sistemática para identificar as vulnerabilidades do sistema e corrigir os problemas antes que eles ocorram, baseada na combinação de conceitos desenvolvidos e empregados com sucesso, incluindo definições específicas de gravidade, probabilidade e detecção, para o setor de Saúde.

Neste curso, os participantes conhecerão a abordagem de cinco passos para elaboração do HFMEA e as principais ferramentas aplicadas no seu desenvolvimento. Serão apresentadas duas técnicas de análise quantitativa de riscos, valor esperado e árvore de decisão, para apoiar o processo decisório sobre as alternativas para reduzir os riscos, baseados na probabilidade de sua ocorrência, potencial impacto e investimentos necessários.

Ex-aluno Vanzolini tem 20% de desconto.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/formacao-em-hfmea-e-ferramentas-para-gestao-de-riscos-na-saude.

Quality by Design (QbD) – Planejamento Experimental

Hoje em dia, tanto o Food and Drug Administration (FDA) americano como a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) brasileira demandam a utilização da metodologia Quality by Design (Qualidade pelo Desenho) pelas indústrias farmacêuticas. Entretanto, tal metodologia pode também ser adotada, e com grandes benefícios, tanto pelas indústrias de alimentos, como químicas e farmoquímicas.

Em curto prazo, esta metodologia permite que o pessoal técnico destas empresas obtenha processos de fabricação mais robustos e, consequentemente, melhores produtos com maior segurança e eficácia. O planejamento experimental (DOE) é a grande ferramenta que possibilita isto.

Este curso visa qualificar os participantes no uso de técnicas estatísticas multivariadas (Planejamento Experimental) envolvidas na metodologia de Quality by Design.

Matrículas até 31/07 têm desconto especial de R$ 600,00 usando o voucher QBD600.

Saiba mais em vanzolini.org.br/produto/quality-by-design-qbd-planejamento-experimental.

Primeira no Brasil a certificar Sistemas de Gestão da Qualidade

A história da Fundação Vanzolini como entidade certificadora começou a ser concebida em 1988. Ao retornar de uma viagem à Inglaterra, o professor do Departamento de Engenharia de Produção da USP, José Joaquim do Amaral Ferreira, atual diretor de Certificação da Fundação, trouxe a ideia de que a entidade poderia aplicar no Brasil, a Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade da série ISO 9000.

Naquela época, as empresas brasileiras tinham dificuldade em exportar produtos por não seguirem especificações técnicas de qualidade, em gestão e produtos. Além de um contexto favorável, o professor sabia do interesse do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), em fazer com que a certificação de qualidade para empresas começasse a acontecer no Brasil.

Dessa maneira, decidiu abrir um projeto interno na Fundação Vanzolini. Com o sistema pronto, foi submetido à avaliação do Inmetro que, de imediato, o aprovou e credenciou a Fundação Vanzolini como entidade número 1 no Brasil, apta a certificar Sistemas de Gestão da Qualidade da série ISO 9000.

Em 1990, a Fundação Vanzolini concedeu a primeira certificação ISO 9001 à empresa Cimento Serrana.

Para ser competitiva a Fundação Vanzolini buscou parcerias externas e conseguiu trazer para o Brasil a Quality Management Institute (QMI). Também se associou a grandes redes internacionais, a Independent International Organisation for Certification (IIOC), que representava as certificadoras comerciais; e a The International Certification Network (IQNET), que abrange as certificadoras europeias, com um perfil parecido com o da Fundação Vanzolini.

Desde então, o pilar de Certificação tem se dedicado a aperfeiçoar e manter o nível de excelência nas áreas da Construção Civil, Saúde, Segurança da Informação, Sustentabilidade, Automobilismo, Alimentação e da Gestão da Qualidade.

Informações: vanzolini.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.