Concurso de paródias do Hospital Estadual da Mulher mostra muitos talentos

Foto: Marilane Correntino

No intuito de reforçar a importância de lavar as mãos, principalmente como medida de prevenção às infecções entre profissionais de saúde e pacientes, a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital Estadual da Mulher (Hemu) promoveu um concurso de paródias sobre a Higienização das Mãos.

Na sexta-feira (20) os colaboradores lotaram o auditório da unidade para assistir as 10 equipes participantes. A coordenadora da CCIH, enfermeira Keilla Paraguassu deu boas-vindas a todos os participantes e deu início às apresentações sendo seis equipes por meio de vídeo: Centro de Material e Esterilização – CME, Fonoaudiologia, Psicologia, Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais – Crie, UTI Neonatal 2 e Obstetrícia – Alcon; três presenciais: Tecnologia da Informação – TI, Faturamento e Compras; e uma apresentação por vídeo e presencial, Núcleo Hospitalar de Epidemiologia – NHE.

De forma lúdica e divertida, as equipes se empenharam e mostraram um verdadeiro show de talentos. Por meio das paródias lembraram a todos que a higienização das mãos continua sendo a prática mais simples e eficiente para o controle de infecções no ambiente hospitalar.

A comissão julgadora, convidada pela CCIH, foi  soberana e imparcial, composta pela gerente de Enfermagem – Luzia Helena Berigo; diretora-geral – Laryssa Santa Cruz; a coordenadora da Obstetrícia – Caroline Bazzo; gerente Operacional – Pedro Muricy e o  assessor de Diretoria – Leonardo Pimenta.

Mobilização e empenho

A diretora-geral, Laryssa parabenizou todos os participantes. “Com tanta criatividade e talentos, não foi uma tarefa fácil para os jurados. Creio que o grande vencedor foi o hospital como um todo por tanta dedicação. Estão todos de Parabéns”, afirmou a diretora. Em seguida anunciou a equipe vencedora – NHE, que, usando roupas no estilo anos 60, apresentou a paródia “Ideia Vital” com a música Broto Legal. A turma, coordenada pela enfermeira Wanda Lopes, escreveu a letra inspirada em Ignaz Semmelweis, médico húngaro pioneiro da antissepsia, com a medida simples e efetiva da lavagem das mãos. O prêmio é um voucher de almoço em uma conceituada churrascaria de Goiânia. “Foi uma surpresa maravilhosa! Essa conquista só foi possível com a dedicação e o comprometimento de toda equipe”, declarou Wanda toda feliz. A equipe de Psicologia ficou em segundo lugar e a de Faturamento em terceiro.

A ação contagiou todos os participantes. “Foi maravilhoso! As equipes compraram a ideia e se saíram muito bem”, pontuou a coordenadora da UTI Materna, Aparecida Marinho. “Achei ótimo, muito bem organizado e os participantes foram nota dez”, concluiu o colaborador da Radiologia, Euclides Barroso.

“Conseguimos atingir nosso objetivo que foi sensibilizar os colaboradores a entrarem na brincadeira. De forma lúdica passaram a mensagem sobre a importância da higienização das mãos garantindo a segurança do colaborador e, consequentemente, do nosso usuário”, destacou a coordenadora da CCIH, Keilla Paraguassu, que fez questão de agradecer a todos pela adesão.

Ao final, o público presente foi agraciado com brindes, oferecidos por parceiros e um delicioso lanche preparado pela equipe de Nutrição.

Vale lembrar que o mês de maio é dedicado a campanhas que incentivam a prevenção das infecções hospitalares. O Dia Mundial da Higienização das Mãos, é comemorado em 5 de maio e o Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares, é lembrado em 15 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.