Em live, Pró-Saúde compartilha expertise de atendimento ao politrauma

Nesta quinta-feira (2), a Pró-Saúde realizou uma live de encerramento à programação que prestigiou, durante o mês de maio, o Dia Internacional da Enfermagem.

O tema escolhido foi “Primeiro atendimento ao politraumatizado”, com a participação da equipe do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), que apresentou para o público uma simulação realística sobre o atendimento inicial, com o objetivo de mitigar riscos ao paciente.

Criado pelo Governo do Pará e gerenciado pela Pró-Saúde, o Hospital Metropolitano é referência em atendimentos a queimados e vítimas de traumas no Norte do Brasil. No ano passado, foram realizadas mais de 7 mil internações gerais, sendo que cerca de 2,5 mil foram de vítimas de acidentes de trânsito, o que corresponde a mais de 34% do total de internações da unidade.

O evento, realizado em ambiente digital, reuniu, além dos profissionais das unidades gerenciadas pela Pró-Saúde em todo o país, estudantes da área da saúde e população em geral, já que foi aberto ao público.

O diretor corporativo Médico, Fernando Paragó, comenta que o tema escolhido é fundamental e merece atenção, principalmente, para quem está iniciando carreira na área. “A coordenação de ações da equipe multiprofissional faz toda a diferença no momento crítico de atendimento aos pacientes politraumatizados”, enfatiza.

O vídeo, gravado e apresentado pela equipe do Metropolitano, abordou o atendimento prestado a uma vítima de acidente com motocicleta, desde a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no local da ocorrência, até a entrada na emergência da unidade para avaliação e definição das condutas a serem seguidas. O vídeo teve a participação das equipes assistenciais e as cenas foram gravadas com uma atriz maquiada, simulando o acidente.

Após a exibição da simulação, um debate sobre o conteúdo foi aberto e os profissionais responderam perguntas. “A programação veio para ampliar os conhecimentos, além de explicar sobre os fluxos que são tão bem desenvolvidos no Metropolitano, que é uma unidade de referência no tema. Sabemos que as pessoas têm dúvidas sobre esse atendimento e com a live, pudemos destacar justamente isso”, explica Josieli Pinheiro.

“Oportunizar esse intercâmbio de conhecimentos e mostrar para a população a importância que cada membro da equipe tem no fluxo de atendimento, desde a chegada à unidade, também foi o nosso objetivo”, aponta o médico Guataçara Gabriel, médico e coordenador do pronto atendimento.

De acordo com a enfermeira e coordenadora do pronto atendimento do Hospital Metropolitano, Mila Michele, o atendimento multiprofissional deve ser direcionado para cada paciente. “Foi muito válido ressaltar a importância da equipe dentro da emergência. Na urgência, é sempre tudo muito rápido e cada um desempenha papel fundamental em todos os momentos, um ligado com o outro, em trabalho conjunto, com muito esforço e dedicação para o bom desfecho de cada caso”, ressalta.

Em concordância, o responsável pelo setor de reabilitação do HMUE, Henrique Gomes, acrescenta o importante papel desenvolvido pelos que atuam frente à reabilitação dos internados. “O pronto atendimento do hospital atua sem pausa. O fisioterapeuta, por exemplo, acolhe todos os pacientes com necessidade ventilatória e, junto com a equipe multiprofissional, traça o plano terapêutico e define condutas. Nesse fluxo, o fonoaudiólogo entra para avaliar os pacientes com riscos de broncoaspiração”.

Já na finalização do evento, Sandra Miziara, gerente corporativa Assistencial da Pró-Saúde, ressaltou as ações que podem ser realizadas por cada público diante de uma situação de politrauma.

“Para leigos, ao presenciar um acidente, o primeiro passo é sinalizar o local para proteger a vítima, ligar para o SAMU e seguir as orientações do moderador. Para as unidades de saúde, é preciso capacitar a equipe, obter informações sobre a cena do acidente, implantar protocolos de atendimento em conjunto com a equipe multiprofissional e manter o paciente em vigilância minuciosa”, explica.

O conteúdo da live está disponível na página da Pró-Saúde no YouTube, abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.