Focar em conteúdo de qualidade nas redes sociais pode ajudar profissionais de saúde a se tornarem mais conhecidos

As mídias digitais – redes sociais, blogs, sites e outas plataformas – são na atualidade um dos principais meios para que empresas divulguem suas marcas, turbinem suas vendas, fechem negócios e consequentemente aumentem seus rendimentos financeiros. A produtora de conteúdo, especialista em mídias sociais e sócia fundadora da Like Marketing, Rejane Toigo, destaca que para profissionais liberais, especialmente aqueles que atuam no ramo da saúde, investir em marketing digital também é uma boa pedida e pode significar a diferença entre um profissional referência do mercado e aquele que é mais do mesmo.

Rejane, que é formada em odontologia, e cuja agência de marketing é especializada na produção de conteúdo para médicos, dentistas, nutricionistas etc, destaca, porém, que estes profissionais precisam saber utilizar as ferramentas para que obtenham mais sucesso com elas. “O maior erro que quem trabalha com saúde pode cometer é: não usar as redes sociais para mostrar o conhecimento que detém, ou seja, não produzir conteúdo de qualidade”, afirma.

Conforme a especialista em mídias sociais, muitos profissionais se perdem na exposição que as redes propiciam. “Não é mostrando a intimidade que o profissional se tornará uma autoridade em sua área, mas sim produzindo e disponibilizando conteúdo que esclareça as pessoas sobre dúvidas a respeito de procedimentos cirúrgicos, por exemplo, ou dando dicas sobre melhoria da qualidade de vida”, diz. Rejane ressalta que as menções sobre a vida pessoal não estão proibidas, mas devem ser feitas de maneira sutil e preferencialmente relacionadas com a especialidade do profissional.

A área da saúde é, na atualidade, uma das mais promissoras que existem, porque cada vez mais as pessoas estão preocupadas em obter longevidade através de seus hábitos. Essa vontade de ser mais saudável faz com que busquem mais informações sobre doenças, tratamentos e mudança de hábitos e as mídias digitais aparecem como importantes canais de esclarecimento. “Então, o profissional da área da saúde que consegue utilizar as mídias, principalmente as redes sociais, para disseminar aquilo que sabe, através de fotos, textos e vídeos, não precisa de muito mais para se tornar uma referência em sua área”, comenta a fundadora da Like Marketing.

Para definir o conteúdo correto a ser explorado em redes sociais, sites e blogs, um bom termômetro para o profissional de saúde são as perguntas que recebe durante os atendimentos. Conforme Rejane, ao ultrapassar os limites do consultório, fazendo com que não apenas pacientes e clientes travem contato com o conhecimento específico que detêm, os profissionais multiplicam as chances de eles mesmos, se tornarem notórios. “Por meio de posts em rede sociais e da leitura do conteúdo, as pessoas passam a conhecer melhor o profissional, viram seguidores assíduos dele, que aos poucos se torna uma referência na área onde atua”, explica.

Uma boa dica sugerida pela especialista em mídias sociais para que os profissionais de saúde consigam estreitar o relacionamento com possíveis clientes em redes sociais é investir não apenas em textos, mas em conteúdos com imagens, principalmente vídeos. “Quando alguém nos vê em vídeo, tem a sensação de que já nos conhece, porque ouve nossa voz, observa nosso gestual, a forma como nos comunicamos, em suma, percebe mais do que o conhecimento que estamos expondo”, diz. Segundo Rejane, isso é essencial para que o paciente chegue a consultório do profissional de saúde achando que já o conhece, o que é uma barreira a menos para fidelizar esse cliente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.