Fundação do Câncer promove campanha para o Dia Mundial do Câncer

O Dia Mundial do Câncer é celebrado em 4 de fevereiro. Para marcar a data, a Fundação do Câncer, referência no controle da doença no país, está promovendo a campanha “Nós podemos. Eu posso”, liderada pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC). O movimento conta com o apoio de artistas e tem o objetivo de mostrar que é possível prevenir o câncer com a adoção de hábitos saudáveis.

Nas redes sociais, a instituição irá divulgar uma série de posts com orientações de saúde e promoverá no dia uma live em sua página no Facebook, na qual especialistas responderão às perguntas dos internautas em tempo real.  Durante a transmissão, médicos de diversas especialidades estarão disponíveis para tirar todas as dúvidas em relação à doença. O bate-papo será mediado pela jornalista Katy Navarro e dividido em blocos por temas como câncer de mama, próstata, pulmão, gastrointestinal, cuidados paliativos, entre outros.

Além da mensagem sobre estilo de vida, a campanha também reforça a importância do diagnóstico precoce, aliado ao tratamento adequado, fundamentais na luta conta a doença. “Mesmo no Brasil, onde temos um volume grande de diagnóstico da doença em estágio avançado, mais da metade dos pacientes se curam.  Quanto mais precocemente conseguimos detectar um câncer, melhor a chance de tratar adequadamente e maior o índice de curabilidade. Por isso, estamos engajando a sociedade neste movimento. Juntem-se a nós em 2018!”, convoca o diretor-executivo da Fundação, Luiz Augusto Maltoni.

Dia Mundial do Câncer: A data foi criada pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC). Fundada em 1933 e com sede em Genebra, na Suíça, a UICC é a maior organização mundial de luta contra o câncer, com mais de 400 organizações apoiadoras em 120 países. A Fundação do Câncer é membro da instituição há cerca de 10 anos.

Fundação do Câncer

A Fundação do Câncer é uma instituição privada e sem fins lucrativos que, há mais de 25 anos, realiza ações estratégicas para o controle do câncer por meio da gestão, prevenção, assistência, pesquisa e difusão de conhecimento. Tem atuação direta na assistência com o Hospital Fundação do Câncer, no Rio de Janeiro (RJ), que foi projetado para ser um centro de referência em oncologia no país.

Na área de educação, a Fundação é responsável pelo desenvolvimento do Programa Nacional de Formação em Radioterapia, em parceria com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e o Instituto Nacional de Câncer (Inca), contemplado no âmbito do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon), do Ministério da Saúde.

A instituição também tem parceria com o Inca no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e no projeto de expansão da Rede Brasileira de Bancos Públicos de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (Rede BrasilCord), e com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no Programa de Oncobiologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.