Hapvida NDI e IDOMED lançam especialização médica em cinco capitais

O Hapvida NDI, maior sistema de saúde suplementar do país, e o Instituto de Educação Médica (IDOMED), do grupo educacional YDUQS, acabam de criar o seu programa de especialização médica. As primeiras cidades a oferecerem o programa, a partir de setembro, serão Fortaleza (CE), Salvador (BA), Belém (PA), Manaus (AM) e Goiânia (GO), nas especialidades de clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia. Inédita no mercado de saúde, a especialização seguirá o mesmo padrão da residência médica no que tange à carga horária e ao conteúdo programático, e ainda vai proporcionar aos participantes aprendizados sobre gestão e liderança no mercado de saúde.

“Esse é um tema muito demandado pelos médicos, mas ainda não é oferecido por outras especializações. Vamos capacitá-los para serem gestores na área de saúde, dando a eles essa visão de gerenciamento e liderança”, afirma Marina Fontoura, vice-presidente de Operações Premium da YDUQS.

Em 2023, o curso será expandido para Brasília (DF), Natal (RN), Teresina (PI), Joinville (SC) e Ribeirão Preto (SP), incluindo também unidades do NotreDame Intermédica (NDI), que se fundiu ao Sistema Hapvida.

A especialização médica oferecida pelo Hapvida-NDI, em parceria com o IDOMED, surge para ajudar a preencher uma lacuna do setor. De acordo com o estudo Demografia Médica, de 2020, há no Brasil 500 mil médicos. Porém, as vagas de residência não vêm aumentando na mesma proporção do número de graduados que ingressam no mercado médico. Esse programa é complementar à residência médica, destinado a quem busca uma especialização com alto padrão de qualidade e com a experiência prática no centro do aprendizado. Após a conclusão do programa, ainda há a oportunidade de efetivação como especialista na rede Hapvida NDI.

A escolha das cidades em que o programa será inicialmente oferecido também não foi ao acaso. Um dos critérios utilizados foi justamente o déficit de profissionais nas especialidades médicas definidas. “Identificamos regiões estratégicas em que há carência de especialistas em determinadas áreas, considerando também infraestruturas hospitalares que proporcionassem desenvolvimento para alta performance”, explica o diretor-executivo de Pesquisa & Desenvolvimento e Educação do Sistema Hapvida, Kenneth Almeida.

Especialização médica com intensa inserção prática, suporte teórico e plantões remunerados

Com duração de 24 a 36 meses, dependendo da especialidade, o programa terá aproximadamente 80% da carga horária focada em atividades práticas, e 20% em teoria, no modelo híbrido. “Além das discussões teóricas in loco no hospital, os participantes também vão contar com uma plataforma digital, na qual terão a possibilidade de assistir a lives mensais com especialistas, tendo acesso também, diariamente, a vídeos, podcasts, artigos, entre outros materiais”, afirma o Dr. Silvio Pessanha Neto, Neurologista e Diretor Executivo do Instituto de Educação Médica (IDOMED).

Ao longo do programa, os médicos poderão fazer intercâmbio em unidades clínicas e hospitalares da Hapvida de qualquer cidade do Brasil, atuando, por um período de três a seis meses, em módulos eletivos da especialização. Além da vivência médica em hospitais de ponta, eles terão à disposição equipamentos de última geração, proporcionando o desenvolvimento dos mais recentes guidelines das suas especialidades.

A carga horária de 60 horas semanais é distribuída de maneira otimizada, possibilitando ao médico fazer até dois plantões de 12 horas por semana, com remuneração de R$ 1,5 mil cada. Com isso, ele consegue ter renda líquida mensal de até R$ 8,2 mil, já que a mensalidade da especialização será de R$ 3,8 mil. “Queremos formar super especialistas, a partir da vivência no maior grupo de saúde suplementar do Brasil e da expertise acadêmica e educacional do IDOMED. Eles terão formação em serviço, com o IDOMED gerenciando toda a jornada de desenvolvimento, além da capilaridade gigantesca da nossa rede”, conclui Kenneth Almeida.

“Na rede própria, assim como em todo Brasil, existe a necessidade de médicos bem formados, com visão mais holística, pensando nos pilares de acolhimento, eficiência e, principalmente, qualidade técnica. Essa parceria é um orgulho para nós. Estamos muito otimistas, pois este é o primeiro passo de um projeto que, em breve, beneficiará a formação de residentes em várias regiões do Brasil”, afirma Anderson Nascimento, Head da Rede Própria do Sistema Hapvida.

“O Sistema Hapvida é uma companhia de dimensão continental, tem hospitais em todas as regiões do Brasil. Isso é uma grande vantagem do nosso modelo de negócio, pois garante aos médicos formados na nossa rede acesso a frentes de trabalho diversificadas, um dos grandes anseios daqueles que estão ingressando no mercado de saúde, por contribuir para a decisão de onde trabalhar e qual especialidade escolher. Esses médicos vão conhecer a fundo nosso modelo e, com a qualidade garantida pelos nossos profissionais e infraestrutura, poderão, em um breve espaço de tempo, vir a fazer parte do nosso corpo clínico”, conclui Anderson Nascimento.

Mais informações sobre o programa e as inscrições para as primeiras turmas podem ser encontradas na página especializacao.idomed.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.