Hospitais filantrópicos estão engajados em projeto de economia de energia

Instalação de energia solar fotovoltaica é capaz de proporcionar economia de até 90% na conta de luz

Após anúncio do governo de São Paulo, do lançamento de nova linha de crédito voltada exclusivamente ao financiamento da aquisição de sistemas e equipamentos de energia solar fotovoltaica para os hospitais filantrópicos, a Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo) intermedeia junto às instituições para adesão à iniciativa. A instalação é capaz de proporcionar economia de até 90% na conta de energia elétrica.

A Federação está contatando os hospitais para auxiliar na efetivação da proposta. “A nossa ideia era que as 333 instituições contempladas pelo programa ‘Mais Santas Casas’ integrassem também essa ação, mas, ao fazermos uma consulta, vimos que algumas entidades já possuem esse tipo de geração de energia. Então, nesse primeiro momento, a ideia é fecharmos um lote de cem hospitais para encaminharmos ao Desenvolve SP (responsável pela linha de crédito), que fará o andamento técnico”, fala o diretor-presidente da Fehosp, Edson Rogatti.

Assim que o Desenvolve SP – O Banco do Empreendedor receber da Fehosp a listagem de hospitais aderentes, ele fará, por meio de consulta pública na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), a cotação de empresas interessadas em fornecerem as placas fotovoltaicas.

No funcionamento do sistema de geração de energia elétrica solar fotovoltaica, os fótons (luz solar) atingem os átomos presentes nos painéis solares. Isso vai gerar um deslocamento de elétrons e criar uma corrente elétrica contínua. A próxima etapa conta com a presença de inversores que são responsáveis por tornar essa energia apropriada para o consumo, convertendo em corrente alternada e por fornecerem proteção contra falhas elétricas. De acordo com especialistas, a vida útil desse sistema pode ser de até 30 anos.

“A adesão dos hospitais filantrópicos à energia solar fotovoltaica é de extrema importância, não só na questão de poupar recursos financeiros, tão essenciais para as nossas instituições que tanto sofrem nessa questão, mas também na preservação de meio ambiente, com uma fonte limpa e renovável de energia”, salienta Rogatti.

Programa

Com a nova linha de crédito do Desenvolve SP – O Banco do Empreendedor, do governo do Estado, os hospitais filantrópicos poderão financiar a compra e instalação de equipamentos para produção de energia renovável, como placas solares, sistemas fotovoltaicos, entre outros. O financiamento pode cobrir até 100% da implementação, sem juros, com prazo de pagamento em até seis anos e carência de 12 meses. Um aporte de R$ 300 milhões vai garantir que os adimplentes tenham a parcela fixa do juros totalmente subsidiada e arquem somente com a Selic.

Entidades beneficentes e assistenciais que realizam atendimento SUS na área da saúde no estado de São Paulo podem solicitar a inclusão no programa fazendo contato com a Fehosp, pelo telefone (11) 3242-8111.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.