Hospitais públicos poderão utilizar ferramenta de dados da rede privada de excelência para aprimorar gestão e resultados

672

A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) vai permitir o uso do Sistema de Indicadores Hospitalares (SINHA) a instituições públicas e 100% filantrópicas, que passam a ter acesso à plataforma de dados utilizadas pelos maiores hospitais de excelência do país. O objetivo é promover a troca de informações e disseminar as boas práticas de gestão em todo o sistema de saúde, disponibilizando todos os recursos e funcionalidades de uma plataforma eletrônica já madura com tecnologia para medição e avaliação de resultados.

A partir de novembro, os hospitais públicos e filantrópicos de todo o país poderão cadastrar cerca de 40 indicadores assistenciais e de gestão no sistema da Anahp. A plataforma cruza informações dos hospitais cadastrados, permitindo um comparativo de resultados alcançados por cada um deles. O SINHA foi criado há 13 anos e é a base de dados mais sofisticada e completa do setor hospitalar.

“Medir e comparar indicadores é a forma mais eficiente de avaliar o que acontece no dia a dia das instituições. É assim que podemos melhorar constantemente a entrega para os pacientes, que é o objetivo de todo hospital”, afirma o diretor executivo da Anahp, Marco Aurélio Ferreira. Para o diretor, garantir acesso ao SINHA a hospitais públicos significa a ampliação do diálogo e da transparência do setor. “Dessa forma, Anahp cumpre uma das suas principais missões desde que foi criada, que é melhorar a saúde do Brasil como um todo, em âmbito público e privado.

Deixe seu comentário