Hospital & Clínica São Gonçalo realiza ação “O Silêncio que cura!”

O silêncio é essencial para manter a paz e qualidade do tratamento para os pacientes que estão internados dentro de um hospital, principalmente para aqueles que estão dentro de uma Unidade de Terapia Intensiva. Sem contar também que um ambiente hospitalar tranquilo ajuda a manter os profissionais da Saúde concentrados para a leitura e apresentação de exames e diagnósticos.

A Organização Mundial de Saúde, OMS, preconiza que o nível de ruído e barulhos em ambientes hospitalares não deveria ultrapassar os 40 decibéis.

Desse modo, pensando na importância do silêncio no ambiente hospitalar, o Hospital & Clínica São Gonçalo iniciou, essa semana, a ação “O Silêncio que cura!” para sensibilizar os profissionais de Saúde sobre a importância de tornar o ambiente hospitalar mais adequado à recuperação dos pacientes.

“Essa campanha vai utilizar uma linguagem leve e lúdica, com a participação de um personagem vivo, o Charlie Chaplin, que, sem nenhuma expressão verbal, irá circular pelo hospital, interagindo com os nossos colaboradores, conscientizando sobre a importância do silêncio na unidade”, explica Taylane Muniz, coordenadora de RH do Hospital & Clínica São Gonçalo.

Taylane enfatiza que o silêncio é sinônimo de tranquilidade, concentração e descanso e em um ambiente hospitalar, ele pode significar a cura, pois auxilia diretamente na recuperação dos pacientes.

“É papel de todos os profissionais do hospital promover um ambiente silencioso. Essa foi a primeira ação que fizemos em relação ao silêncio! E vamos dar continuidade de outras formas”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.