Hospital Dia reafirma novas práticas na realização de cirurgias minimamente invasivas no país

Atualmente, é possível realizar no Brasil cirurgias sem corte, ou com incisões pequenas, sem risco de perda sanguínea – ou seja, cirurgias minimamente invasivas – o que permite que o paciente retorne para casa no mesmo dia, após procedimento cirúrgico.

Sistema presente em outras partes do mundo, sobretudo, na América do Norte e na Europa, o Hospital Dia, contribui para um novo conceito em relação às cirurgias minimamente invasivas no Brasil e dispõe de alta tecnologia para o tratamento de doenças.

No caso do Centro Cirúrgico Amato – Hospital Dia – como não há internação para tratamento clínico, o paciente não fica exposto à presença de outras fontes de infecção. Além disso, o alto grau de atenção ao paciente, associada a boas práticas de higienização e treinamento específico oferecido à equipe médica, são capazes de minimizar os riscos à saúde do paciente.

“Como não há pacientes infectados, não existe infecção hospitalar. Temos 0% de infecção relacionada aos nossos procedimentos, desde 2015”, revela o Dr. Marcelo Amato, médico neurocirurgião, especialista em endoscopia de coluna e cirurgia minimamente invasiva da coluna e diretor do Centro Cirúrgico do Amato – Hospital Dia.

No local são realizados procedimentos minimamente invasivos das doenças da coluna, tais como: cirurgia endoscópica para hérnia de disco lombar, torácica ou cervical, bloqueios e infiltrações na coluna, tratamento de dor, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.