Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e RapidAI formam parceria internacional para avançar na pesquisa e no atendimento ao paciente

O Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) – organização de pesquisa sem fins lucrativos que visa promover o progresso científico e tecnológico na área da saúde -, anunciou um acordo com a RapidAI para colaborar em novas iniciativas de pesquisa. A RapidAI é especialista em imagens neurovasculares e vasculares, implementando novas soluções na tomada de decisões clínicas e no fluxo com pacientes. A parceria internacional busca proporcionar, por meio da inovação tecnológica, uma melhoria no atendimento aos pacientes convalescentes de Covid-19.

“A RapidAI está entusiasmada com a parceria com uma instituição tão influente e inovadora, como o IDOR”, destaca Carolina Maier, vice-presidente de Assuntos Clínicos da RapidAI. “Durante um período de muita incerteza na comunidade médica em todo o mundo, nossa colaboração deve resultar em estudos capazes de levar novas soluções ao cuidado dos pacientes.

O projeto colaborativo começará com um estudo retrospectivo para caracterizar a ocorrência e o padrão de alterações neurológicas relacionadas à infecção por SARS-CoV-2 em diferentes fases da doença, usando biomarcadores de imagem. Utilizando a tecnologia do RapidAI para processar exames de pacientes, o projeto pretende estabelecer correlações clínicas e morfológicas entendendo a ação da Covid-19 no sistema nervoso central (SNC), considerando as alterações clínicas, cognitivas e de imagem no longo prazo.

“A parceria do IDOR com a RapidAI será muito importante para esclarecer as alterações neurológicas causadas pelo vírus”, disse a Profa. Fernanda Tovar-Moll, médica radiologista, pesquisadora e presidente do IDOR. “Estamos ansiosos para avançar no atendimento ao paciente e ultrapassar os limites da tecnologia orientada por dados com a ajuda de nossos parceiros.”

“Nossa presença na América Latina se baseia em três pilares: fornecer acesso à melhor tecnologia do mundo, transformar o tratamento de doenças vasculares e desenvolver a colaboração com instituições líderes na região. Unir o IDOR e a RapidAI em prol da ciência será muito inovador”, disse Renato Cunha, VP de Vendas e Operações LATAM da RapidAI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.