Maternidade de Campinas homenageia doadoras de leite materno para incentivar aleitamento

Leite materno oferecido para bebês internados na UTI e UCI. Foto: Weverson Felipe

Com o tema ‘Proteja a amamentação: uma responsabilidade compartilhada’, a Aliança Mundial para Ação do Aleitamento Materno (WABA, na sigla em inglês) pretende, este ano, envolver não apenas as mães, mas também familiares e profissionais de saúde no Agosto Dourado, nome escolhido pela Organização Mundial de Saúde para simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação nas ações realizadas na Semana Mundial de Amamentação, que acontece entre os dias 1º e 7 de agosto.

No Brasil, desde 2017 foi definido por lei que as ações do Agosto Dourado devem durar o mês todo. O dourado representa a simbologia do leite materno, considerado alimento ouro para os bebês por ser o único alimento completo  para nutri-lo por, no mínimo, seis meses de vida de forma exclusiva e até dois anos complementado com outros alimentos.

Para o Hospital Maternidade de Campinas (SP) essa campanha é muito importante para a saúde dos bebês e para garantir estoque para o Banco de Leite Humano. O estoque total atual é de 166,9 litros. O ideal seriam, no mínimo, 200 litros, em média, por mês, para garantir certa tranquilidade no atendimento à demanda dos bebês internados na UTI (40 leitos) e na UCI (22 leitos) no inverno. Cada litro doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Aumentar a amamentação ideal de acordo com as recomendações poderia evitar mais de 823 mil mortes de crianças e 20 mil óbitos maternos a cada ano mundialmente, segundo a UNICEF.

Nascem, por mês, em média, no Hospital Maternidade de Campinas, cerca de 750 bebês, dos quais 60% são atendidos pelos SUS (Sistema Único de Saúde). Hoje, são de cerca de 49 doadoras cadastradas. “O aleitamento materno é a forma mais natural e segura de alimentar a criança no início da vida. No leite materno são encontrados diversos componentes imunológicos, tornando esta prática essencial para alcançar o crescimento e o desenvolvimento infantil adequados, além de promover benefícios para a saúde física e psíquica da mãe e do bebê. A criança amamentada pela mãe apresenta menor incidência de infecções, menor tempo de hospitalização e menor ocorrência de reinternações”, explica a médica pediatra dra. Tereza Aparecida Fernandes Mathiazzi.

Ações

Para incentivar a amamentação e a doação de leite materno, o Hospital Maternidade de Campinas preparou uma série de ações, já a partir do dia 1 de agosto, para potencializar as informações sobre a importância da amamentação e apoiá-la como uma responsabilidade vital de saúde pública.

Nas redes sociais do hospital serão divulgados vídeos nos quais a pediatra dra. Tereza Aparecida Fernandes Mathiazzi aborda a importância do aleitamento, tanto para o bebê quanto para a mãe. Duas mães serão convidadas a gravar depoimentos nos quais relatem as suas experiências com a amamentação.

A equipe do Banco de Leite Humano também usará a data para mobilizar novas parcerias com empresas para que ajudem na promoção do aleitamento materno e orientará as puérperas, após a alta, em prol da continuidade da amamentação. Como a lição se faz, primeiro, dentro de casa, serão montados murais em alguns setores do hospital com fotos das próprias colaboradoras amamentando seus filhos. O exemplo precisa vir de dentro.

Banners sobre o Banco de Leite Humano e sobre a amamentação serão dispostos no refeitório do hospital para lembrar a todos – médicos, enfermeiros e demais colaboradores – que “proteger a amamentação é uma responsabilidade compartilhada”, conforme o tema da campanha mundial de 2021. Tags sobre o tema serão colocadas nas sobremesas servidas no refeitório da instituição nos dias 24 (períodos diurno e noturno) e 25 de agosto (jantar).

Presentinhos

Por meio de parcerias com empresas, o Hospital Maternidade de Campinas oferecerá alguns brindes para as mães ativas que estejam ofertando leite para a instituição neste mês de agosto (cerca de 200). A Elo Pingentes oferecerá duas joias de leite, confeccionadas com o próprio leite da mãe. Será presenteada uma mãe que esteja amamentando seu recém-nascido nas Unidades Materno Infantis (UTI-Neo e UCI-Neo) e, a outra, sorteada entre as mães doadoras ativas.

Entre os presentes que também serão sorteados ou distribuídos para as mães e colaboradores estão quatro óculos de sol de marcas renomadas, oferecidos pela De Rigo Brasil, empresa líder no setor de óculos; cosméticos, ‘naninhas’ confeccionadas manualmente pela voluntária Anete, doações feitas pela Rede Vicoflora (sabonetes e cremes), Tayar.Store e Empório Italiano (máscaras) e dois edredons infantis ofertados por uma voluntaria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.