No DF, 1º paciente com Covid-19 é curado utilizando tratamento ECMO

263

Com quadro, considerado grave, e sem resposta favorável às terapias propostas, até então, paciente de 43 anos, acometido pelo novo Coronavírus, foi submetido pela equipe do Hospital Santa Marta, em Taguatinga Sul (DF), à técnica de Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO) e apresentou desfecho clínico favorável.

“Essa terapia, utilizada para tratar pacientes com insuficiência cardíaca e/ou insuficiência respiratória grave, vem sendo utilizado, em todo o mundo, para tratar pacientes acometidos pelo Covid-19. Na Europa, Estados Unidos, Japão, e outras nações que dispõem dessa tecnologia, mais de 1.500 pacientes receberam esse tratamento. A maioria conseguiu ser salva”, esclareceu o Dr. Helmgton de Souza, cirurgião cardiovascular do Hospital Santa Marta que acompanhou o caso.

O procedimento foi realizado no dia 14 de abril, sendo o primeiro paciente do Centro-Oeste a ser submetido a essa terapia. No Brasil, àquela data, outros 20 pacientes, a maioria do eixo Rio-São Paulo, foram beneficiados. Atualmente já são mais de 50 pacientes em ECMO em todo o país.

No momento, o paciente encontra-se internado, em recuperação, e já fora de risco. Sua alta hospitalar ocorreu em 27 de maio.

Como funciona a ECMO?

A técnica imita o funcionamento do corpo humano, dando assistência cardíaca e pulmonar aos pacientes, que apresentam problemas respiratórios graves, como os provocados pelo coronavírus. O sangue do paciente é drenado e percorre uma membrana, na qual o oxigena. Em seguida, ele é devolvido ao corpo do paciente, agora já oxigenado. Nesse sentido, o objetivo desse tratamento é dar uma espécie de “descanso”, até que o pulmão possa recuperar sua função. Para o sucesso da terapia é fundamental que a equipe de UTI seja muito bem treinada e que o hospital ofereça as condições técnicas e tecnológicas para que o trabalho seja realizado de forma adequada e eficaz.

Destaca-se que o HSM segue todas as determinações do Ministério da Saúde para garantir a segurança do paciente, além de cumprir rigorosamente o protocolo de cirurgia segura, da OMS. Além disso, há uma área restrita e exclusiva para atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados para Covid-19. Os fluxos NÃO SE CRUZAM.

Participe da Live ECMO

Nesta segunda-feira (1), às 20h, no canal do youtube do Ismep, será realizada uma live sobre Oxigenação por Membrana Extracorpórea – ECMO com especialistas e médicos que acompanharam o caso. Para participar, basta acessar o link bit.ly/LiveECMOHSM.