Nos hospitais a água que nunca pode faltar

A torneira pode ficar algumas horas seca. O banho ser adiado não é um problema tão grande também. Mas faltar água num hospital é algo impensável. Por isso, muitos deles estão se precavendo não só de uma crise hídrica, mas também de eventuais problemas que podem ocorrer com a rede pública.

A General Water, concessionária particular de água especializada em reúso e perfuração de poços, aponta soluções para que não falte este recurso e que esteja disponível de maneira segura e sustentável. “Por sua importância e complexidade, hospitais não podem correr o risco de ficar sem água. Por isso, é necessário que busquem independência da concessionária pública. O abastecimento por águas subterrâneas representa uma excelente solução neste sentido, pois proporciona autonomia e alta qualidade de água, em função da proteção natural dos aquíferos profundos”, explica Fernando Pereira, diretor comercial da General Water.

A perfuração dos poços é feita por meio de sondas perfuratrizes de alta performance. E, para que ocorra, é necessário obter uma licença do Departamento de Águas e Energia Elétrica e um parecer técnico da Cetesb. Para fornecer água para consumo humano, também é necessário cadastrar os poços na Vigilância Sanitária e fazer uma série de análises de água periódicas para o órgão. Portanto, não há qualquer risco de ter uma água que não seja 100% boa para consumo. “Além da independência hídrica, os hospitais que optam por esta alternativa têm uma economia financeira da ordem de 40%”, afirma Fernando Pereira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.