Projeto Regula Mais Brasil chega a Recife e realiza atendimento exclusivo a pacientes crônicos durante a pandemia da Covid-19

80

A cidade de Recife (PE) passa a contar com os serviços de telessaúde do projeto Regula Mais Brasil dos Hospitais PROADI-SUS. A iniciativa realiza a telerregulamentação e teleconsulta de pacientes que estão na fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo consultas com especialidades como cardiologia, endocrinologia, neurologia, reumatologia, ortopedia e traumatologia .

Neste momento de pandemia, a telemedicina é uma ferramenta de suporte para desafogar o sistema de saúde, garantindo o atendimento aos pacientes, como explica Vânia Bezerra, superintendente de Responsabilidade Social do Hospital Sírio-Libanês. “Recife não quer deixar os pacientes que têm outras enfermidades desassistidos. Por isso, a telemedicina vem para aliviar o sistema, que está sobrecarregado com casos suspeitos e confirmados da Covid-19; atender a população com outras necessidades, além de impedir que esses pacientes, que compõem grupos de risco para o novo coronavírus, busquem uma consulta presencial e se exponham a situações de contágio na comunidade”.

Como funciona?

Os teleconsultores entram em contato com os pacientes para teleconsulta. “Por meio de uma videochamada, o paciente tem contato direto com o médico especialista. Durante o atendimento, quando necessário, o médico pode ajustar o tratamento do paciente realizando uma prescrição eletrônica que é aceita nas farmácias das próprias unidades básicas de saúde do Recife”, explica Sabrina Dalbosco Gadenz, gerente do projeto . “Caso seja identificado que o paciente precisa da consulta presencial, os teleconsultores direcionam o caso, com todo o cuidado para entender se isso é imprescindível naquele momento”, conclui.

Esse formato do projeto está vigente na capital pernambucana enquanto durar a emergência nacional de saúde pública. Para agilizar a consulta com a prioridade adequada e apoiar na resolução de casos na atenção primária à saúde (APS) em situações pertinentes à própria APS, a telerregulamentação continua sendo realizada, garantindo assim, a redução no tempo de espera e o tamanho das filas com especialistas.

O Regula Mais Brasil chega a Recife para atender às necessidades de saúde da região, de forma colaborativa entre os hospitais membros do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde, o PROADI-SUS: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês.

Atuação em outras praças

A iniciativa também está presente em outras regiões no Brasil com foco em telerregulação. Desde 2018, sob a execução do Hospital Sírio-Libanês, mais de 400 mil casos foram regulados no Distrito Federal, Belo Horizonte, Porto Alegre, Amazonas e Recife

Além disso, com o desafio da pandemia a partir de março, o time foi ampliado para apoiar o SUS com atendimento para a Covid-19. “Em todos os estados brasileiros, o Regula Mais Brasil está oferecendo teleconsultoria a médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) na regulação das filas para consultas com especialistas”, explica Sabrina. O profissional de saúde pode ligar em um número gratuito e falar imediatamente com um médico ou enfermeiro.

“As ampliações de atuação são fundamentais para apoiar e fortalecer o SUS neste momento de pandemia, de modo que os recursos empregados beneficiem os profissionais de saúde e, direta ou indiretamente, os cidadãos brasileiros”, conclui Vânia Bezerra.