Segmento de Medical Devices cresce e alavanca número de contratações

2639

O envelhecimento da população brasileira é uma realidade. Todas as discussões sobre saúde evidenciam a necessidade de atenção especial para o tema. Um dos caminhos apontados por especialistas é a incorporação de novas tecnologias, fundamental para garantir bom atendimento e reduzir impactos sociais. A iniciativa privada focada em dispositivos médicos há alguns anos vem se preparando para esse momento e, por isso, registrou crescimento de 3,4% no primeiro trimestre do ano, em relação ao mesmo período de 2017, segundo a ABIIS (Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde).

Um levantamento realizado pela divisão de Life Science da Hays, especialista em recrutamento, mostrou que, em 2018, o segmento de Medical Devices contratou 8% mais que o mesmo período do ano anterior. De acordo com Pedro Moxotó, gerente da divisão de Life Science da Hays, esse número deve crescer nos próximos anos. “Com o aquecimento da economia, veremos redução no nível de desemprego. Isso aumentará a adesão aos planos de saúde e, consequentemente, de hospitais e clinicas – gerando ainda mais demanda para o mercado de medical devices“, explica o executivo.

Se você busca uma posição em empresas de medical devices, confira abaixo os cargos mais demandados pelas empresas em 2018 e suas atribuições:

Gerente de vendas (nacional e regional) Gerente de produtos Key Account Manager
Com foco comercial, esse profissional será responsável pelo resultado de uma ou mais linhas de produtos, tendo responsabilidade de gerir equipes de vendas, engajando e direcionando-os estrategicamente a atingir suas metas regionais.

Além disso, esse profissional tem a responsabilidade de se reportar a diretores de dentro ou fora do Brasil, definindo junto a eles as melhores estratégias para cada negócio, em cada região.

Além de dominar tecnicamente o portfólio de produtos sob sua gestão, este profissional será responsável pelo apoio e treinamento ao time comercial, bem como junto aos clientes, incluindo também treinamentos sobre as melhores práticas em relação ao uso de determinados produtos.

São profissionais que, por estarem continuamente na estrutura do cliente, terão também a possibilidade de identificar necessidades e oportunidades comerciais, começando ele mesmo a abordar o cliente em relação a como a empresa pode apoia-los nessas eventuais demandas.

Esse profissional é responsável pela gestão do relacionamento com as principais contas da sua empresa, fazendo a interface entre diferentes áreas de negócio e os principais tomadores de decisão dentro de um hospital, na intenção de fomentar e aumentar o volume das vendas.

Necessita ter forte habilidade de relacionamento interpessoal por interagir com profissionais de áreas e níveis hierárquicos totalmente distintos dentro de um hospital, bem como engajar.

Deixe seu comentário