Semana temática discutirá os rumos da Administração em Saúde no Brasil

Entre os dias 14 e 18 de maio, o Conselho Regional de Administração de São Paulo – CRA-SP promoverá em sua sede e nas regiões de suas oito seccionais, no litoral e no interior, a 1ª Semana Temática da Administração em Saúde, com o objetivo de fomentar a discussão sobre temas emergentes e inovadores envolvendo a Administração em Saúde e evidenciar a importância da gestão profissional da saúde pública e privada no Brasil.

Coordenado pelo Grupo de Excelência de Administração em Saúde (GEAS) do CRA-SP, o evento gratuito apresentará temas como o slow medicine, judicialização e mediação, política de humanização, empregabilidade, remuneração, gestão estratégica, entre outros, para um público formado por administradores que já atuam no setor, estudantes da Administração e profissionais em busca de conhecimento sobre a operação de uma organização de saúde, além de médicos, enfermeiros, biomédicos, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos etc.

Segundo o coordenador do GEAS, Anselmo Carrera Maia, tratar o tema no momento em que o setor passa por um processo de adequação ao modelo de gestão instituído por grandes grupos financeiros, é algo imperativo. “Nos próximos anos, com a absorção de empresas familiares por grandes grupos financeiros, a tendência será o desaparecimento dos pequenos hospitais dentro dos grandes centros. Vivemos, ainda, uma grande guerra em relação ao modelo de remuneração dos serviços, portanto, mudanças deverão ser implantadas, para que o segmento consiga se adequar à realidade atual”, explica.

O GEAS faz parte do Centro do Conhecimento do CRA-SP e foi criado em 2000 com o objetivo de reunir profissionais de diferentes formações, envolvidos na área da saúde, para discutir temas e promover ações que possam contribuir para o aprimoramento da Administração em Saúde, desde a formação até o aperfeiçoamento profissional.

Participações confirmadas:

– Gonzalo Vecina Neto, ex-secretário municipal de Saúde de São Paulo e ex-CEO do Hospital Sírio-Libanês;

– Luiz Sergio Pires Santana, superintendente executivo do Hospital Beneficência Portuguesa;

– Dario Birolini, um dos criadores da versão brasileira do programa “Slow Medicine”;

– Ana Maria Pedreira, secretária geral da Comissão de Ensino Jurídico da OAB/SP;

– Silvia Hidal, instrutora e supervisora do curso de Mediação Judicial do Conselho Nacional de Justiça;

– Eliana Ribas, coordenadora do Núcleo Técnico de Humanização da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo;

– Cibele Sinico, especialista em assessoria de empregabilidade e recolocação/outplacement nas áreas da saúde pública e privada;

– Marcelo Tadeu Carnielo, professor do Centro Universitário São Camilo;

– Eduardo Regonha, coordenador do curso de MBA em Administração Hospitalar da Faculdade Unimed;

– Ana Maria Malik, coordenadora do Centro de Estudos em Planejamento e Gestão de Saúde da Fundação Getulio Vargas (FGVsaúde) e da Linha de Saúde do Mestrado Profissional em Gestão para Competitividade, na FGV-EAESP;

– Alline Jorgetto Cezarani, diretora-executiva do Hospital Santa Catarina;

– Cleber Suckow Nogueira, secretário de Saúde da Praia Grande;

– Glauco Henrique Marani, diretor de saúde da Prefeitura de Taubaté;

– Benedito Carlos Maciel, superintendente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP;

– João Vicente Fogaça Viggiani, especialista em Gestão Hospitalar pela Unicamp;

– Edil Vidal de Souza, superintendente do Grupo BOS – Banco de Olhos de Sorocaba/Hospital Oftalmológico de Sorocaba.

Confira aqui a programação completa da Semana da Administração em Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.