Setor de Nutrição do HDT reforça barreira de proteção contra a Covid-19 no refeitório da unidade

34

Uma barreira contra a Covid-19, econômica e simples de fazer, está sendo usada no refeitório do Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), em Goiânia (GO), gerido pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG). Ela permite que os colaboradores almocem juntos, minimizando o risco de contaminação. A ideia partiu da Gerência Operacional da unidade e foi materializada pela equipe do Serviço de Nutrição do hospital com apoio do setor de Manutenção. Ao todo, foram criadas 13 peças da barreira protetiva.

As placas são feitas com cano PVC simples, em formato retangular e envolto em um plástico filme, que após o uso pode ser substituído. “Essa é uma estratégia econômica que, de fato, oferece uma proteção significativa aos nossos colaboradores, uma vez que o plástico será rotineiramente higienizado com álcool e substituído quando necessário”, disse a coordenadora do setor de Nutrição, Nathalya Mosonowa.

A peça é posicionada sobre as mesas do refeitório e forma uma barreira incolor que impede que micropartículas passem de um prato ao outro, além de gotículas de saliva que podem hospedar o vírus. Ela também separa as pessoas a uma distância correta, isolando dois lugares das mesas, permitindo que apenas duas pessoas a utilizem.

Outras medidas

Além da instalação das barreiras de proteção, o serviço de Nutrição do HDT tem adotado outras estratégias para manter a segurança dos colaboradores dentro do refeitório da unidade, como: marcações de distâncias de segurança, os colaboradores são servidos e não têm contato direto com a gôndola de alimentos, restrição de uso de celular nas dependências do refeitório, conscientização acerca do uso correto de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), higienização das mesas e cadeiras imediatamente após cada uso, restrição do uso de jalecos e unissex, dentre outros.