Vidia é a mais jovem entre as selecionadas para programa de aceleração de healthtechs

41

A Vidia é uma das 12 startups selecionadas para participar do Scale-Up Endeavor Healthtech, programa de aceleração da Endeavor responsável por impulsionar o desenvolvimento das principais empresas do país. Entre 2018 e 2019, por exemplo, as marcas que participaram do projeto cresceram em média 87%.

“A Endeavor é a mais importante organização global de apoio ao empreendedor, com valores que compartilhamos. Sabíamos que seria difícil entrar no Programa Scale-Up antes de lançarmos a plataforma oficialmente. Atingir esse objetivo nos dá ainda mais energia para realizar nosso propósito”, comenta Thiago Bonini, co-founder e CEO da Vidia. Mesmo muito jovem – iniciou suas atividades no começo de 2020 –, a Vidia apresentou uma proposta de valor que despertou o interesse do time da Endeavor. O propósito da empresa é ampliar o acesso dos brasileiros a procedimentos cirúrgicos, promovendo uma conexão entre hospital e pacientes sem acesso à saúde suplementar.

Atualmente, as pessoas sem planos de saúde dificilmente conseguem realizar uma cirurgia em hospital privado. São ao menos 3 milhões de pessoas nesta situação, incluindo as que estão na fila de cirurgias do Sistema Único de Saúde (SUS). A Vidia propicia o acesso, com pagamento facilitado, incluindo exames, equipe, materiais e estadia no hospital, além do procedimento cirúrgico em si.

Organização global sem fins lucrativos e que atua há 20 anos em território brasileiro, a Endeavor tem como meta incentivar empreendedores que promovem negócios capazes de mudar o mundo. Para isso, cria programas setoriais de aceleração selecionando empresas com base tecnológica, alto potencial de crescimento, diferenciais competitivos claros e que estão no momento preciso para escalar seus negócios.

Essa edição do Scale-Up visa o setor de saúde e as empresas selecionadas para participar permanecerão por cinco meses dentro do programa que promove uma conexão direta com mentores e outros empreendedores que estão vivenciando o mesmo momento de negócios. A Endeavor e seu time de mentores auxilia a startup a diagnosticar e solucionar seus maiores desafios de crescimento e, para isso, indica, para cada empresa selecionada, um mentor que acompanhará o plano de trabalho da marca ao longo dos 150 dias. “Nunca houve tanta procura por soluções que ajudem o sistema de saúde a ser mais eficiente”, disse a Endeavor, em nota.

Além disso, as marcas participantes têm acesso à rede completa da Endeavor que auxilia nos inúmeros desafios de crescimento de uma startup, que vão desde cultura e fundraising, máquina de vendas e estratégias para expansão. Como exemplo de sucesso do programa, a organizadora divulgou que hoje conta com mais de 700 empreendedores apoiados ativamente, 235 empresas participando de 18 programas espalhados pelo Brasil e que essas companhias aumentaram, em média, 73% o número de empregos diretos gerados.

Durante o processo de definição do programa, foram 300 startups mapeadas, 50 convocadas para apresentação e entrevistas e apenas 12 selecionadas, sendo que a VIDIA é a única healthtech dedicada ao ramo de cirurgias. Também participarão do programa as empresas Bright, Conexa, Cuco, iClinic, Labi, Livance, Memed, Neomed, Pipo Health, Samy

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

dois × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.