Agosto Dourado: Hospital Bom Pastor promove ações de incentivo ao aleitamento materno

O Hospital Bom Pastor, única maternidade do município de Guajará-Mirim (RO) e referência regional para gestantes, contará com uma programação especial para celebrar a Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), que ocorre entre os dias 1 e 7 de agosto. Neste ano, a iniciativa da Aliança Mundial para Ação de Aleitamento Materno (WABA, sigla em inglês), terá como tema “Fortalecer a amamentação: educando e apoiando”.

O evento marca o início da campanha Agosto Dourado, mês de luta pelo incentivo à amamentação. A cor escolhida está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno, um alimento natural, com benefícios atrelados ao desenvolvimento do bebê em todos os sentidos – cognitivos, imunológicos, respiratórios, entre outros.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, o mês do Aleitamento Materno no Brasil foi instituído pela Lei nº 13.435/2.017 que determina que, no decorrer do mês de agosto, serão intensificadas ações intersetoriais de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno.

No Hospital Bom Pastor, as ações da SMAM terão como foco a conscientização das novas mães em relação a importância da amamentação. Com uma série de palestras e rodas de conversa, serão abordados temas como riscos da amamentação cruzada, fortalecimento do vínculo afetivo, nutrição na lactação, exercícios para ordenha, orientações para a pega correta e até mesmo como conciliar a amamentação com a volta ao trabalho.

O evento, organizado pela Coordenação de Enfermagem da unidade, contará com a participação da equipe multiprofissional e tem como público-alvo as gestantes e puérperas em atendimento durante a primeira semana do mês. Serão distribuídos também folders com orientações, que vão auxiliar na disseminação das informações.

“Nosso objetivo é tirar todas as dúvidas sobre o tema, orientar essas mães e auxiliar no processo de amamentação, para que ele se torne o mais fisiológico e natural possível”, explica a enfermeira Bianca Abiorana.

A profissional destaca ainda que “a amamentação precoce estimula a contração do útero e de seus vasos, atuando como profilaxia das hemorragias pós-parto”. Entre os benefícios para a mãe, vale destacar ainda a redução da incidência de cânceres de mama, ovário e endométrio.

Geraldo Fonseca, diretor Hospitalar da unidade, destaca que “o objetivo central das ações é conscientizar por meio da informação. Atuamos fortemente para incentivar o aleitamento materno, a livre demanda e o fortalecimento do vínculo mãe-bebê, fatores importantes e que aumentam a qualidade de vida do recém-nascido”.

O Hospital Bom Pastor é uma unidade própria da entidade filantrópica Pró-Saúde, uma das maiores no ramo de gestão hospitalar no país. O hospital atua também como referência para o atendimento da população indígena de 54 aldeias na região Norte do país, e já realizou, de janeiro a junho deste ano, 485 partos.

A unidade, localizada na Avenida Pimenta Bueno, 663, no Centro de Guajará-Mirim, fronteira com a Bolívia, presta atendimento gratuito via Sistema Único de Saúde (SUS), mediante contrato com entes públicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.