Como gerenciar o processamento de dispositivos médicos de forma sustentável?

Sabe-se que as formas de consumo adotadas no passado tinham como objetivo principal suprir as necessidades do momento sem pensar nas consequências futuras, atitudes como estas resultaram na situação atual em que o planeta se encontra. Para frear este processo de degradação é necessário agirmos de forma sustentável suprindo as necessidades presente sem comprometer o futuro.

Se refletirmos sobre as nossas práticas diárias em CME quando realizamos o processamento de dispositivos médicos é possível identificar as inúmeras oportunidades de melhorias se trabalharmos de forma consciente e sustentável. O processamento de dispositivos médicos de múltiplos uso pode ser definido como o processo de transformação dos materiais sujos e contaminados em dispositivos limpos, desinfetados ou esterilizados e seguros para uso. Devido as características e especificidades destes dispositivos, é possível afirmar que se trata de um processo complexo envolvendo uma série de diferentes etapas onde se consome grande quantidade e diversidade de recursos, portanto, fazer a gestão do processamento de dispositivos médicos de forma sustentável e segura é um grande desafio que requer conhecimento e proatividade diante de um cenário mundial que revela a escassez de recursos antes considerados inesgotáveis.

A gestão dos recursos institucionais consumidos no processamento de dispositivos médicos é uma iniciativa responsável que resulta em economia e sustentabilidade para o hospital e para o planeta, colocando desta forma a instituição em uma posição diferenciada num mercado altamente competitivo.

Preocupada em atuar de forma sustentável e contribuir com a sustentabilidade dos seus clientes a FAMI Tecnologia Médica desenvolveu e oferece com exclusividade uma ampla linha de embalagens e recipientes estrategicamente denominada Econox® pelo fato de utilizar em sua fabricação métodos ecologicamente corretos. A linha Econox® é fabricada em aço inoxidável reciclável de alta qualidade e durabilidade que resiste as temperaturas altas ou baixas. A FAMI desenvolveu um processo de fabricação socioambiental responsável que não exige a utilização de lubrificantes como óleos ou grafites durante a estampagem e mais de 80% dos produtos não passam pelo processo de polimento, reduzindo consideravelmente o consumo de agentes químicos, como massa de polimento e detergentes.

Apresentando cantos arredondados, bordas planas, ausência de rugosidade e porosidade os recipientes foram desenhados para não acumular sujidades ou resíduos favorecendo uma limpeza eficaz com baixo consumo de água e detergente. A superfície fosca foi adotada para não causar ofuscamento visual durante os procedimentos oferecendo segurança aos pacientes e conforto aos profissionais.

A diversidade dos produtos que compões a linha Econox® foram desenvolvidos para atender as diferentes complexidades dos procedimentos que surgem na rotina diária das unidades clínicas e cirúrgicas como Unidades de Terapia Intensiva (UTI), Unidades de Internação em geral, Centro Cirúrgico, CME, entre outras.

A FAMI Tecnologia Médica investe constantemente na atualização dos seus processos visando manter uma produção de qualidade e socioambiental responsável.

Tel: (11) 3775-0300

E-mail: info@fami.com.br

Site: www.fami.com.br

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu, como médico há mais de 50 anos vejo na empresa FAMI TECNOLOGIA um modo inteligente de reciclar e proteger o planeta e, mais, assegurar proteção total aos entes deste mesmo planeta. Iniciativas como essa merece aplausos de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.