Criado primeiro Fundo Patrimonial privado para fomento à pesquisa de combate ao câncer infantojuvenil

472

A Fundação Banco do Brasil e o Centro Infantil Boldrini, localizado em Campinas (SP), assinaram na quinta-feira (27), protocolo de intenções que tem como finalidade a constituição e fortalecimento de um fundo patrimonial para apoiar pesquisas de inovação para combate ao câncer infantojuvenil.

O presidente da Fundação Banco do Brasil, Asclepius Soares, avalia que a presente parceria é um reconhecimento da credibilidade da Fundação BB na gestão de seu fundo patrimonial, expertise adquirida ao longo de 34 anos de existência, que possibilita o recebimento de doações com finalidade específica para ações dessa natureza. “Este é um movimento que tende a crescer muito no país: a gestão dos fundos patrimoniais. Entendemos que a aliança entre as Instituições contribuirá para a pesquisa e o desenvolvimento médico-científico do Brasil no combate às doenças relacionadas às áreas da oncologia e hematologia”, declara Asclepius.

As doações ao Fundo Patrimonial, exclusivo e com propósito específico, serão direcionadas à estruturação e ao desenvolvimento de projetos que fomentem, pesquisas voltadas ao combate do câncer infantojuvenil realizadas pelo Centro de Pesquisas Boldrini em parcerias com Universidades e Institutos de pesquisa nacionais e internacionais, além de promover o progresso científico de jovens pesquisadores, inserindo-os no desenvolvimento de novas tecnologias e descobertas na área do câncer pediátrico.

A cooperação entre Fundação BB e Boldrini deverá ocorrer dentro de 60 dias e prevê a seleção, implementação, monitoramento e avaliação desses projetos. Assim como a forma de captação, gestão e uso dos recursos financeiros que serão levantados junto a doadores, pessoas físicas e jurídicas, nacionais e internacionais.

“Hoje estamos vivendo um momento histórico. Nós não estamos tratando de negócios. É uma parceria de princípios, um fundo patrimonial de propósito específico. Os recursos serão destinados exclusivamente ao combate contra o câncer. Temos trabalhado há algum tempo na estruturação desse Fundo e todos na Fundação estamos envolvidos nessa temática. Estabelecemos a conta número 1502-4 em alusão ao Dia Internacional do Combate ao Câncer Infantil – 15 de fevereiro, que também é uma forma de mostrarmos a nossa preocupação com a causa”, destaca.

Centro Infantil Boldrini

O Centro Infantil Boldrini produz e dissemina conhecimentos nas áreas de biologia molecular do câncer pediátrico em níveis nacional e internacional. Possui uma estrutura com 13 laboratórios e 138 alunos foram capacitados no ano de 2017, sendo hoje reconhecido como  o maior celeiro de pesquisas científicas no Brasil voltado ao câncer pediátrico.

A presidente do Boldrini, Dra. Silvia Brandalise ressalta que a maioria das pesquisas hoje feitas no mundo é em relação ao câncer adulto. “O câncer é um problema de todos nós. Recentes estatísticas europeias mostram que a linha de incidência do câncer pediátrico é ascendente. Então temos muito com que nos preocupar e muito o que fazer. O câncer pediátrico representa 3% de todos os cânceres e acaba tendo pouca visibilidade, por isso, esse Fundo é tão importante e ter sua gestão por um órgão independente e especializado, essencial”, avalia.

Por ano, a entidade realiza 30 mil consultas, atende 8 mil pacientes com tumores tratados, 10 mil pacientes em acompanhamento e tem 80% de índice de cura.

Aplicação

Os recursos das aplicações no Fundo serão investidos em quatro eixos: Fomento à Pesquisa (contratação de profissionais, Programa Jovem Pesquisador e Programa Intramural de Auxílio a Projetos Piloto), Fomento à Inovação Tecnológica (aplicação dos conhecimentos tecnológicos), Fomento aos Jovens Pesquisadores (bolsas de estudos em pós-doutorado e pós-graduação em Medicina Molecular) e Manutenção da Infraestrutura do CPB.

Incentivo fiscal

Pessoas jurídicas com regime de tributação no lucro real podem deduzir até o limite de 2% do lucro operacional, conforme incentivo fiscal previsto na Lei 9.429/95.

Interessados em contribuir podem doar qualquer valor em dinheiro por meio de transferência ou depósito bancário na conta:

Banco do Brasil

Agência: 1607-1

Conta: 1502-4

CNPJ: 01.641.000/0001-33

Para saber mais acesse: doar.fbb.org.br

Deixe seu comentário