Hospital Maternidade de Campinas tem programação especial no “Agosto Dourado”

Estoque de leite doado no Banco de Leite Humano

O Hospital Maternidade de Campinas (SP) preparou uma série de ações para chamar a atenção sobre a importância do aleitamento e da doação do leite materno no “Agosto Dourado”, mês escolhido pela Organização Mundial de Saúde para simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação. A maior parte das ações serão realizadas na Semana Mundial de Amamentação, que acontece entre os dias 1º e 7 de agosto. Este ano a fachada do hospital terá decoração comemorativa e serão realizadas apresentações musicais, além de orientação para as mães internadas. O HMC também será beneficiado com a realização de uma campanha feita pelo Parque Dom Pedro Shopping para a arrecadação de frascos, usados para a coleta das doações do leite materno.

Programação

Entre os dias 1º e 4 de agosto, serão realizadas apresentações musicais na recepção, no 1º e no 5º andar.  Na segunda-feira, o hospital receberá o “Coral de vozes”, na terça, o “Sopro de Prata”, do Grupo Flauta Transversal, e, na quarta-feira, a “Camerata de violino, viola de vara e violoncelo”. No dia 4 quinta-feira, terá a apresentação de voz e violão acústico com a enfermeira Bárbara Vieira Alves. Nos dias 5 e 6, a programação inclui orientações para as mães internadas sobre a amamentação e a entrega de cartões com frases de incentivo ao aleitamento materno, além de sorteio de brindes.

Campanha

Doações para gestantes

O Parque Dom Pedro Shopping realizará a campanha “Fortalecer a amamentação – educando e apoiando”, durante todo o mês de agosto, com uma série de ações, entre elas, a de arrecadação de frascos para a coleta de leite materno que serão destinados ao Banco de Leite Humano do Hospital Maternidade de Campinas.  O modelo recomendado para a doação é o recipiente de vidro, com tampa plástica de rosca e volume máximo de 500 ml, sem estampa. As entregas devem ser feitas no “Espaço Família”, na Alameda, até o dia 31 de agosto, durante o horário de funcionamento do shopping.

Além disso, a médica pediatra do HMC, dra. Tereza Mathiazzi e a enfermeira Suzana de Paula Conceição participarão de um bate papo com mães de recém-nascidos no dia 9 de agosto, após a sessão do Cinematerna, um projeto mensal realizado no shopping voltado para esse público. “Essa campanha reforça a importância e os benefícios do aleitamento materno para mãe e para o bebê, sendo um incentivo, apoio, promoção e proteção ao aleitamento materno”, reforça a enfermeira.

“Agosto Dourado”

No Brasil, desde 2017 foi definido por lei que as ações do “Agosto Dourado” devem durar o mês todo. O “dourado” representa a simbologia do leite materno, considerado alimento “ouro” para os bebês por ser o único alimento completo para nutri-lo por, no mínimo, seis meses de vida de forma exclusiva e até dois anos complementado com outros alimentos. Para o Hospital Maternidade de Campinas essa campanha é muito importante para a saúde dos bebês e para garantir estoque para o Banco de Leite Humano. Nos seis primeiros meses deste ano, o estoque do Banco de Leite Humano variou de 140 e 202 litros, o que representa uma média mensal de 171 litros/mês.

O estoque total atual é de 137 litros. O ideal seriam, no mínimo, 200 litros, em média, por mês, para garantir certa tranquilidade no atendimento à demanda dos bebês internados na UTI (40 leitos) e na UCI (22 leitos) no inverno. Cada litro doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Aumentar a amamentação ideal de acordo com as recomendações poderia evitar mais de 823 mil mortes de crianças e 20 mil óbitos maternos a cada ano mundialmente, segundo a UNICEF.

Neste primeiro semestre, nasceram, por mês, em média, no Hospital Maternidade de Campinas, cerca de 800 bebês, dos quais 60% são atendidos pelos SUS (Sistema Único de Saúde). “O aleitamento materno é a forma mais natural e segura de alimentar a criança no início da vida. No leite materno são encontrados diversos componentes imunológicos, tornando esta prática essencial para alcançar o crescimento e o desenvolvimento infantil adequados, além de promover benefícios para a saúde física e psíquica da mãe e do bebê”, explica a médica pediatra dra. Tereza Aparecida Fernandes Mathiazzi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.