Hospital São Vicente faz obras de melhorias no Pronto Atendimento Central

Com o objetivo de oferecer maior conforto e bem-estar aos pacientes atendidos no Pronto Atendimento Central (PAC) e aos colaboradores que se dedicam à unidade, o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), em Jundiaí (SP), deu início às obras de melhorias no local. A reforma inclui principalmente a troca do telhado e reestruturação da recepção. A previsão é de que o trabalho seja concluído em março. O investimento estimado é de R$ 500.000,00.

A cada ano o PAC atende cerca de 130.000 pacientes, nas especialidades de clínica médica, clínica cirúrgica e odontologia. O funcionamento é 24 horas, sendo a principal referência de acesso de pacientes para o Pronto Socorro Adulto do HSV. “O maior desafio é realizar a reforma com a unidade em funcionamento, o que implica em readequar setores provisoriamente e um certo desconforto, por conta do barulho e fluxo da obra. Porém, é uma melhoria necessária, uma vez que o prédio é de 1924 e algumas estruturas precisam ser modernizadas”, explica Matheus Gomes, superintendente do HSV.

O telhado da unidade que é de madeira, será totalmente substituído por estrutura metálica. As telhas de fibrocimento darão espaço para telhas metálicas termoacústicas numa extensão total de 525m². A platibanda que atualmente tem 60cm terá 1,20m. O formato do telhado terá novo contorno, hoje possui 4 pontos de quedas de água, formado de “M”, com a reforma terá 2, similar a um ”V” invertido. O que permitirá que em casos de chuvas fortes o escoamento de água ocorra em pontos estratégicos.

A recepção terá ampliação em 60m², saltando dos atuais 150m² para 210m². A capacidade do local será dobrada de 70 para 140 assentos. Os banheiros serão todos adaptados, permitindo maior acessibilidade e o local terá climatização com renovação de ar, permitindo maior segurança.

A parte elétrica será totalmente refeita, tendo projeto adequado às necessidades de equipamentos, iluminação e pontos de energia. A adequação incluirá troca de todos os fios, cabos, eletrodutos e quadros de distribuição. Essa melhoria permitirá o melhor funcionamento dos equipamentos e ampliará a segurança dos usuários.

De acordo com Matheus, esta é a maior das reformas já realizadas desde 2017 nesta unidade. “Desde o início de nossa gestão realizamos algumas melhorias estruturais, como pintura, instalação de bate-maca e toldo na área de desembarque das ambulâncias. No entanto, essa melhoria é a mais abrangente, que exige maior tempo para a execução. Finalizamos a concretagem do piso e a parte de alvenaria, agora faltam revestimento, parte elétrica, climatização, forro, piso e pintura”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.