III Simpósio de Espiritualidade aborda dignidade humana diante da finitude da vida

Desde 1988, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que a espiritualidade tem um papel importante na motivação das pessoas e na definição do que é saúde. Além disso, estimula todos os Estados-membros a incluírem a dimensão espiritual em suas políticas nacionais de saúde, conforme os padrões culturais e sociais locais.

No Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS), o Serviço Pastoral Ecumênico se dedica a promover acolhimento e cuidado espiritual junto aos pacientes, familiares e colaboradores. A espiritualidade, a fé, o diálogo entre a teologia e as ciências da saúde são assuntos comumente abordados no Simpósio de Espiritualidade. Em sua terceira edição, o evento deste ano trará como tema central a ‘Dignidade Humana Diante da Finitude da Vida’. Com palestras de uma teóloga e psicóloga e de uma médica paliativista, o objetivo é provocar uma reflexão sobre a preciosidade da vida diante do sofrimento e do luto.

De acordo com uma das lideranças do Serviço Pastoral e do Núcleo de Estudos em Religiosidade e Espiritualidade do hospital, pastor Daniel Annuseck Hoepfner, o evento traz uma abordagem especial neste ano em decorrência do momento que estamos vivendo. “Nos confrontamos diariamente com a finitude da vida, principalmente à luz de tantas perdas que tivemos ultimamente. A temática é preciosa na medida em que reúne não só a necessidade de pacientes e seus familiares, mas, também, a dignidade dos profissionais de saúde que atuam em áreas delicadas e precisam lidar diariamente com o luto”, explicou.

O simpósio contará com a mediação da médica psiquiatra do Núcleo da Mama e Clínica da Dor e também integrante do Núcleo de Estudos em Religiosidade e Espiritualidade, Lorena Caleffi.

O evento é gratuito e aberto ao público. Será no dia 30 de setembro, das 19h às 21h, com transmissão no canal do Hospital Moinhos de Vento no YouTube. As inscrições podem ser feitas pelo site da instituição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.