Pesquisa da UFSCar reforça a importância da caderneta de saúde da pessoa idosa

Caderneta é importante para o cuidado integral do idoso

Uma pesquisa de Iniciação Científica, desenvolvida no Departamento de Gerontologia (DGero) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está convidando graduandos de cursos da área da saúde de todo o país para avaliar o conhecimento deles a respeito da caderneta de saúde da pessoa idosa. O estudo é feito pela estudante de Gerontologia da UFSCar, Luana Rafaela Porcatti, sob orientação de Karina Gramani Say e coorientação de Fabiana Orlandi, docentes do DGero.

De acordo com Karina Say, o acompanhamento adequado da saúde do idoso deve ser feito, conforme preconização mundial, a partir de uma avaliação multidimensional desse paciente, a ser realizada pelo menos uma vez ao ano. “É a partir dessa avaliação que a equipe de saúde cria o plano de cuidado e as unidades e gestores podem se organizar melhor para ações e serviços de apoio para a promoção e assistência à saúde”, explica Say.

Nesse cenário, a caderneta de saúde da pessoa idosa é a primeira ferramenta para que essa avaliação multidimensional seja feita na Atenção Primária, conforme indicado pelo Ministério da Saúde. “De posse da caderneta, o idoso atendido em qualquer outro serviço, por qualquer outro profissional especialista ou no hospital, levará todas as informações já preenchidas”, complementa a docente que orienta o estudo.

O objetivo da pesquisa é justamente compreender se os estudantes de cursos da área da saúde conhecem essa caderneta e sua utilização, visto que ela é uma estratégia nacional de saúde da pessoa idosa. “Queremos compreender se os graduandos usam a caderneta durante a graduação nas atividades práticas e de estágio para elaborarem com a equipe o plano de cuidado e, assim, estarem aptos a utilizarem após formados na sua atuação profissional”, afirma.

Para realizar o estudo, estão sendo convidados estudantes de graduação de cursos da área da saúde, a partir de 18 anos, de qualquer instituição brasileira. Interessados devem preencher este formulário eletrônico (bit.ly/38hA8ws), que ficará disponível até o mês de junho. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail luanaporcatti@estudante.ufscar.br ou pelo WhatsApp (16) 99615-6299. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 42662321.0.0000.5504).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.