Primeira cirurgia robótica torácica da região é realizada pelo Vera Cruz Hospital

O Vera Cruz Hospital, de Campinas (SP), realizou, no dia 17 de junho, a primeira cirurgia robótica torácica da unidade. O paciente passou pelo procedimento após detectar uma lesão de mediastino em uma tomografia, realizada para avaliação da Covid-19.

A operação foi feita pelo cirurgião José Cláudio Seabra, o primeiro cirurgião torácico certificado em cirurgia torácica robótica da região. “A cirurgia robótica está em um patamar tecnológico diferente. Com o uso do robô podemos ter uma visão e um acesso melhor à lesão. É uma cirurgia minimamente invasiva, onde são feitos pequenos cortes e isso reduz a dor do paciente, infecção e muitas vezes a estadia no hospital “, explica.

O tumor no mediastino fica localizado entre os dois pulmões, não há prevenção e sua causa pode estar relacionada à poluição ambiental e ao uso de cigarro. “Fizemos uma investigação antes para identificar se a lesão era passível de ser retirada por completo, pois somente assim poderíamos utilizar a intervenção robótica. Como era o caso, fizemos o ressecamento da lesão, um procedimento de aproximadamente três horas e meia, e o paciente se recupera em casa”, conta.

De acordo com Seabra, a lesão só foi identificada porque o paciente passou pela triagem e realizou exames para Covid. “A Covid tem colaborado na detecção de doenças no tórax de maneira inversa. Como as pessoas estão fazendo mais tomografia para triagem, temos achado exames alterados em outras áreas, como estas lesões pulmonares e no mediastino”, exemplifica.

O médico ainda esclarece que não são todos os pacientes que demandam de uma cirurgia torácica que podem realizar o procedimento. “Precisamos avaliar caso a caso, pois para usar o equipamento robótico temos que poder retirar a lesão por completo e, dependendo do tamanho, isso não é possível”.

Desde o início do programa já foram 808 intervenções robotizadas. “O Vera Cruz Hospital tem se tornado referência no atendimento de alta complexidade, com investimento em equipes especializadas e tecnologia de ponta para o melhor desfecho nos casos simples e complexos. A cirurgia torácica na robótica reforça o posicionamento da instituição”, finaliza o médico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.