Projeto de Eficiência Energética do Hospital São Vicente Curitiba é aprovado pela Copel

Da esquerda para a direita, a diretora técnica do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF, Dra. Cecília Vasconcelos, a diretora executiva do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF, Márcia Schneider, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, e o diretor-presidente do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF, Dr. Charles London

Na quarta-feira (18), o projeto de Eficiência Energética do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF foi aprovado durante o evento de anúncio do resultado da “Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética em Hospitais Filantrópicos”, promovido pela Companhia de Energia Elétrica (Copel) e pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) e realizado no Palácio Iguaçu.

“É uma grande conquista, pois com esse projeto podemos diminuir o consumo de energia elétrica e, com isso, reduziremos consideravelmente os custos em nossa instituição”, afirma o Dr. Charles London, diretor presidente do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF, que esteve presente ao anúncio feito pelo governador, Carlos Massa Ratinho Junior, juntamente com a diretora executiva Marcia Schneider e a diretora técnica Dra. Cecília Vasconcelos.

“A energia fotovoltaica é uma realidade no país e não podemos perder esse avanço que representa energia limpa e sustentabilidade para nós e para as futuras gerações”, avalia a diretora executiva, Marcia Beatriz Schneider.

O recurso aprovado para o projeto de Eficiência Energética do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF é de R$ 2.072.820,62 e a sua execução estima uma redução de custos na fatura de energia elétrica de cerca de 70%. Entre as ações de eficiência energética previstas estão a implantação de sistema de geração de energia fotovoltaica, que conta com painéis solares, a substituição das lâmpadas da estrutura hospitalar para as de LED e a troca e investimento em aparelhos de ar-condicionado e autoclaves mais eficientes e econômicos.

O próximo passo é a validação do projeto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a previsão de início de implantação do projeto é a partir de setembro. “Estimamos que, após a implementação desses benefícios, o tempo de retorno do investimento será de cerca de cinco anos”, informa o arquiteto e gerente de infraestrutura do Grupo Hospitalar São Vicente – FUNEF, Marcelo Ribeiro. “Estamos muito animados com a execução do projeto, pois a partir dessas ações, como a implantação dos painéis solares, poderemos avançar em nosso objetivo de oferecer uma estrutura ainda mais sustentável, em prol do meio ambiente e do bem-estar de todos”, considera.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.