Variantes e miocardite por Covid-19 são temas de webinar da Associação Paulista de Medicina

Nesta quarta-feira (21), das 19h30 às 21h. acontecerá mais um webinar da Associação Paulista de Medicina (APM). Dois temas relevantes ocupam a pauta: ‘Miocardite por Covid-19’, sob organização da Regional de São Caetano; e Variantes de Atenção e Eficácia das Vacinas: o que sabemos, promoção da Regional Itu.

O presidente da APM, José Luiz Gomes do Amaral, é o moderador. O infectologista Alexandre Naime Barbosa, consultor do Comitê Extraordinário de Monitoramento Covid da Associação Médica Brasileira, o CEM-Covid_AMB, falará sobre a efetividade da imunização frente as variantes do Sars-Cov-2, em especial sobre a tipagem Delta, a principal preocupação mundial em termos de saúde pública atualmente. Essa etapa da live terá a mediação de Sergio Cimerman, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Miocardite

O segundo mote da terá Jamil Calil Neto, especialista em cardiologia, como coordenador. Ele pondera ser essencial levar o que há de mais novo e resolutivo aos médicos.

“É importante estar bem situado sobre o problema. Com a Covid-19 os riscos foram aumentados e se modificaram. Precisamos saber exatamente como agir diante do quadro de miocardite pelo SARS-CoV-2”.

A miocardite é uma inflação que se dá no músculo responsável pelo bombeamento de sangue para os órgãos. Ela pode surgir como uma complicação devido a algum tipo de infecção viral ou até mesmo bacteriana. Além disso, pode ser decorrente também de doenças autoimunes como o Lúpus Eritematoso Sistêmico.

Nos casos de agravamento, o coração do individuo pode enfraquecer causando frequência cardíaca anormal, insuficiência cardíaca e até mesmo, morte súbita.

O tratamento consiste em medicamentos para controlar e melhorar os batimentos cardíacos e nos casos mais graves um dispositivo pode ser implantado para auxílio do funcionamento do coração.

A ocorrência da doença em pacientes com Covid-19 tem preocupado os especialistas. O que os médicos já sabem é que as miocardites associadas ao novo Coronavírus agridem o coração e possuem uma diferença significativa em relação às causadas pelos demais vírus.

O diagnóstico de miocardite provocada pela Covid-19 é feito pelos sintomas e sinais de biomarcadores de lesão; insuficiência cardíaca; e exames de imagem com avaliação funcional de insuficiência cardíaca.

Link para o evento: www.youtube.com/channel/UCYgiVetpNPjZckCNNSQeM0w

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.